Posso mudar de assento após o embarque?



Acho que todo mundo ficou sabendo da expulsão do cantor Tico Santa Cruz de um voo da Cia Aérea Gol na semana passada.  Marcado para um assento comum, o cantor resolveu ir para um Assento Especial situado na parte da frente da aeronave (veja o video abaixo).

Este evento remete a uma dúvida muito comum entre os passageiros aéreos: , havendo lugares vazios, é possível mudar de assento na aeronave após o embarque?

Em geral, há duas condições para esta mudança de assento.

A primeira é que o embarque tenha sido finalizado. Até que o embarque seja finalizado, não se tem como saber se o assento estará ou não ocupado. E para o passageiro que está chegando não há nada mais desagradável que ter alguém sentado no seu assento.

A segunda condição é que o assento seja da mesma classe de serviço e que o assento seja do mesmo tipo que o seu

Desta forma, não é possível comprar um assento na classe econômica e sentar-se na classe executiva, só porque o assento está vago. 

Até mesmo o acesso à classe executiva, seus toaletes e galleys (setor da aeronave onde ficam armazenadas as refeições), é restrito aos passageiros com bilhetes adquiridos nesta classe.

Se está vazio, porque não posso utilizá-lo?

Permitir esta troca de assento seria muito ruim pra companhia aérea, pois isso representaria um desincentivo aos passageiros para comprarem assentos na classe superior.

A mesma regra se aplica aos voos nacionais, que, ainda que disponham apenas de uma classe de serviço, a econômica, dispõem de assentos diferenciados, exigindo pagamento adicional dos seus ocupantes.

Nenhuma companhia cujas aeronaves tem assentos especiais (no Brasil, a TAM, a Gol e a Azul) permite esta alteração justamente para incentivar que os passageiros dispostos a pagar um pouco mais adquiram uma poltrona com mais conforto.


A TAM, por exemplo, tem assentos especiais na primeira fileira do A320 e nas saídas de emergência. A Gol (Classe Comfort) e a Azul (Espaço Azul) tem assentos diferenciados nas poltronas da frente da aeronave.

Lembrando que é muito comum, no exterior, as empresas low cost cobrarem até mesmo pela marcação antecipada assentos e os mesmos tem preços diferenciados conforme a posição. Se você não quer pagar, terá um assento aleatório designado no momento do check-in.

De qualquer forma, é sempre importante pedir ao comissário de bordo antes de efetuar essa mudança. Além de ser prática de boa educação, sempre que as pessoas mudam de assento, alteram a distribuição do peso na aeronave.


Nossa dica é que você procure marcar os assentos tão antes quanto possível. Aqui no Brasil, não tem sido a regra cobrar pela marcação de assentos comuns.


Você pode marcar assentos no site da companhia aérea, no momento da compra da passagem, por telefone ou ainda no momento do check-in. Não deixe para a última hora a marcação de assentos, provavelmente, você vai se sentar onde não quer.

Esclarecimentos: 



O cantor alega que o art. 39, inciso X, do Código de Defesa do Consumidor, não permitiria à cia aérea "elevar sem justa causa o preço de produtos e serviços". 

Ocorre que os assentos em questão (assentos conforto da Gol) são diferenciados, em termos de espaçamento entre as poltronas e, ainda, de inclinação, além de estarem situados na parte da frente da aeronave, mais desejados pelos passageiros, por facilitar a entrada/saída do avião. Portanto, justificada está a cobrança adicional da companhia. E, francamente, o valor usualmente cobrado, em torno de trinta reais, é razoável para ter um conforto adicional.

Ademais, durante o embarque e o voo, o Comandante exerce autoridade na aeronave, podendo, inclusive, desembarcar passageiros, quaisquer deles, desde que comprometam a boa ordem, disciplina ou que ponham em risco a segurança da aeronave ou das pessoas e bens a bordo. Isso está previsto no Código Brasileiro de Aeronáutica (art. 168, inciso I).

Créditos das Imagens:
(1) site Seatguru.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com