#Top10: As principais atrações de Hong Kong



Hong Kong é um dos destinos turísticos mais incríveis do mundo. Conhecida pelo seu Skyline, céu rasgado por prédios altos, Hong Kong também possui muitos parques e áreas verdes, praias, ilhas, templos e outras atrações capazes de encantar ocidentais e orientais.


Passamos o Reveillon de 2014 para 2015 em Hong Kong e adoramos. Ficamos muito surpresos com a organização do evento. Apesar da grande multidão concentrada em Tsim Sha Tsui para ver os fogos, tudo ocorreu de forma tranquila e ordenada. Leia aqui
Neste post, falamos sobre as 10 principais atrações turísticas da cidade. No próximo, sobre os principais bairros e regiões para passear na cidade.

Como a cidade é repleta de atrações, bairros interessantes e locais de compras, recomendamos reservar pelo menos 5 dias para melhor aproveitar Hong Kong, a cidade onde o oriente encontra o ocidente.  

  • Para saber informações gerais sobre Hong Kong, clique aqui.
  • Para saber onde fazer compras de eletrônicos em Hong Kong, clique aqui.


1. Teleférico Ngong Ping e Ngong Ping Village



O teleférico liga a região de Tung Chung até a aldeia Ngong Ping (Ngong Ping Village), num trajeto de 5,7 km com uma incrível vista da ilha de Lantau, incluindo, o Aeroporto de Hong Kong Chek Lap Kok



Chegando à Ngong Ping Village, o visitante terá acesso à diversas atrações, tais como, lojas de souvenirs (atenção para as lojas de perolas...), restaurantes e lanchonetes, o Po Lin Monastery, o Buda Gigante, o "Walking with Buddha", a casa de chá Linong (Linong Tea House), dentre outras.

Escrevemos um post específico sobre esta atração. Saiba mais clicando aqui.

2. Victoria Peak e Peak Tower



Subir no Victoria Peak, na Ilha de Hong Kong, proporciona ao visitante uma visão da belíssima paisagem urbana da cidade (foto inicial), com os seus arranha-céus concentrados na parte baixa da ilha, bem como do Victoria Harbour. 

Vale à pena visitar o Pico Vitória tanto durante o dia quanto à noite.

Na Peak Tower, você terá acesso a lojas, restaurantes, ao Sky Terrace (terraço onde pode ter uma vista ainda melhor) e ao museu Madame Tussauds.


Como chegar:
Para chegar ao Victoria Peak, você pode pegar o Peak Tram ou o ônibus #15 a partir do Central Ferry Pier.

3. Nan Lian Garden



É um parque público situado em Diamond Hill (Kowloon). Construído no estilo da Dinastia Tang, o parque é composto de lagos, árvores, pedras, cachoeiras e estruturas de madeira em uma área de 35 mil m².



O que mais se destaca no parque é o Pavilhão da Perfeição Absoluta, uma torre de madeira de cor dourada que fica no centro do parque.

Se você quer tranquilidade na metrópole de Hong Kong, este é o lugar. O parque também oferece exposições e atividades (mediante taxa).

Como chegar:
O parque está aberto das 7:00 às 21:00hs.  Para chegar ao parque, basta descer na estação de MTR Diamond Hill e pegar a saída C2.

4. Convento Chi Lin (Chi Lin Nunnery)



O convento Chi Lin faz parte de um grande complexo de templos budistas situado em Diamond Hill (Kowloon), nas proximidades do Jardim Nan Lian. Foi construído em 1934 e renovado seguindo o estilo da Dinastia Tang.

“Abrangendo um espaço de mais de 33.000 metros quadrados, o complexo do templo inclui um convento, salões templos, jardins chineses, albergues para visitantes e um restaurante vegetariano. As salas do templo possuem estátuas do Buda Sakyamuni, a deusa da misericórdia de Kuan Yin e outros bodisatvas. Estas estátuas são feitas de ouro, argila, madeira e pedra” (Fonte: Wikipedia).

Da mesma forma que o Jardim Nan Lian, o convento é para quem procura paz e tranquilidade no coração da metrópole.


Como chegar:
Para chegar ao convento, basta descer na estação de MTR Diamond Hill e pegar a saída C2. A entrada é gratuita.

5. Ocean Park

Foto: Creative Commons - Wikipedia

Ocean Park é um complexo de diversões situado no sul da Ilha de Hong Kong. Abrange um parque de mamíferos, um oceanário e um parque de diversões. Na nossa opinião, é o melhor parque de diversões em Hong Kong (Traveller´s Choice 2015).  

É gigantesco, composto basicamente de duas áreas, separadas por uma montanha: The Waterfront e The Summit. Estas áreas estão ligadas por um teleférico (Cable Car) ou por um funicular (Ocean Express Funicular Railway).

Para saber todas as atrações do parque, clique aqui:

Como chegar:
Para chegar ao Ocean Park, você pode pegar o Citybus 629 a partir das estações de MTR Admiralty ou Central (Star Ferry). Os ônibus partem com maior frequência da estação Admiralty.

6. Disneyland Hong Kong



A Disneyland de Hong Kong é uma mini-Disney. Embora não se compare à de Orlando, é um lugar interessante para levar as crianças pequenas. É um parque compacto, mas com a mesma magia do Magic Kingdom. É possível visitar todas as atrações num dia.

Recomenda-se visitar o Toy Story Land, a Montanha Russa, o Space Mountain e assistir a Parada Noturna.



As atrações não são radicais, exceto a Space Mountain, por isso, é um local mais adequado para crianças, para tirar fotos, comprar produtos da Disney e curtir o ambiente e os personagens famosos.



Como chegar:
Situada na Ilha de Lantau, tem fácil acesso de metrô. Basta pegar a Tung Chung Line até a estação Sunny Bay e fazer conexão para estação Disneyland Resort.

7. Ten Thousand Buddhas Monastery



O monastério dos 10 mil budas é um templo budista localizado numa parte alta de ShaTin, em Hong Kong. O monastério foi fundado por Yuet Kai, um rico mercador, que levou vários anos para construí-lo. Contempla 12.800 estátuas de Buda.

O complexo consiste de 5 templos, 4 pavilhões e uma pagoda. Vale à pena admirar as estátuas, e a vista de Hong Kong a partir do monastério, contrastando os prédios e as florestas no morro.

Mas, prepare-se para subir uma imensa escadaria, ladeada de estátuas.


Como chegar:
Para chegar ao monastério, desça na estação MTR ShaTin e pegue a saída B. Siga em direção ao Grand Central Plaza (onde está a loja IKEA), vire a esquerda (continuando na rua Pai Tau St.) ao longo deste shopping e vire a primeira à direita na rua Sheung Wo Che Rd. e logo você encontrará uma placa com a indicação para ao monastério.

Fique atento: Muita gente costuma confundir o Monastério com o Po Fook Hill Ancestral Halls, que é, na verdade, um Cemitério, onde as cinzas dos ancestrais chineses estão depositadas em pequenas urnas. Este cemitério é acessível por escadas rolantes (o monastério não é) e está no final da rua Pai Tau St.  Se quiser visitar este memorial, vale à pena também.

8. Wetland Park

Foto: Matthias Süßen (Creative Commons)

O Wetland Park é um parque ecológico de 60 hectares situado na região de Tin Shui Wai. O parque é composto de um centro de visitantes (Wetland Interactive World), com exposições, cinema 3D, entre outras atrações, e de uma reserva pantanosa, que contempla uma variedade de aves, borboletas, anfíbios, répteis e peixes.

O parque é também um outro local onde se pode observar o contraste entre a natureza e a metrópole urbana. Vale à pena conferir as exposições em cartaz no Wetland. Consulte o site: http://www.wetlandpark.gov.hk/en/

Foto: Matthias Süßen (Creative Commons)

O Wetland Park está situado na região conhecida como New Territories, afastado da Ilha de Hong Kong e de Kowloon. Do parque dá para ver a cidade de Shenzhen, na República Popular da China.

Como chegar:
Para chegar ao parque, basta pegar a West Rail Line do metrô, descer na estação Tin Shui Wai. Nesta estação, pegar o Light Rail 705 e descer na estação Wetland Park.

9. Kowloon Park



O parque Kowloon é um parque urbano de 13 hectares situado no coração de Hong Kong, na região de Tsim Sha Tsui e às margens da famosa avenida Nathan Road. O parque é uma ilha de tranquilidade e paz no meio da agitação da cidade.

No passado, foi um forte militar e sua localização era ótima para a observação dos navios no Victoria Harbour. Em 1970, foi aberto para uso público pelo, então, Governador Sir David Trench.



O parque contempla lagos, árvores e jardins e oferece espaço para atividades esportivas. Uma das principais atrações do parque é o Chinese Garden.

Nos domingos, há apresentações gratuitas de Kung Fu de 14:30 a 16:30hs, no Kung Fu Corner.

Como chegar:
O parque está aberto das 5:00 à meia-noite. Para chegar ao Parque, basta descer na estação MTR Tsim Sha Tsui e pegar a saída A1.

10.  Star Ferry



Se você quer ter uma visão do Skyline de Kowloon e da Ilha de Hong Kong, não deve deixar de passear de Star Ferry.

Por uma pequena quantia, você cruza o Victoria Harbour, viajando de Tsim Sha Tsui (Kowloon) para o Central Ferry ou para Wan Chai.

A empresa também oferece o Harbour Tour, durante o dia ou à noite, com duração de 1 hora. Este Tour também é oferecido durante o famoso show de luzes (Symphony of Lights).  Estes preços, entretanto, são mais caros, variando de 125 a 230 dólares de Hong Kong.

Como chegar:
Para pegar o Star Ferry em Kowloon, basta descer na estação do MTR Tsim Sha Tsui, pegar a saída L6 e caminhar até a Clock Tower pela Sailsbury Rd.


Para pegar o Star Ferry no Central Pier (Ilha de Hong Kong), basta descer na estação Hong Kong e pegar a saída A2 ou na Central Station e pegar a saída A. Caminhe até o Pier pela Man Yiu Street.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com