2 dias em Bratislava, Eslováquia



Talvez você nunca tenha ouvido falar de Bratislava, mas quem a conhece só costuma tecer elogios.

A capital da Eslováquia, no leste europeu, é uma cidade BBB (Boa, Bonita e Barata). Tive oportunidade de conhecê-la em julho de 2016.

A cidade tem um charme especial, seja nas ruas do seu centro histórico, seja às margens do Rio Danúbio. A cidade não é tão grande quanto as demais capitais europeias, mas dispõe de atrações suficientes para 2 ou 3 dias de viagem.

Chegamos no final da tarde ao Aeroporto de Bratislava (BTS) num voo da Ryanair proveniente de Berlim (SXF). Preço do voo: 30 Euros.





No verão, o sol se põe após às 22 horas em Bratislava, o que nos permite aproveitar bem o dia. Os dias estavam quentes, bem mais quentes que em Berlim, com a temperatura chegando a 31-34°C.




Aeroporto de Bratislava (BTS)


O Aeroporto BTS é bem estruturado, mas parecia não ser muito movimentado. Pode ser uma interessante opção low-cost para quem pretende ir para a Áustria, pois, há ônibus que ligam o aeroporto BTS ao de Viena (VIE), na Áustria. Se você olhar no mapa, poderá perceber que as cidades estão muito próximas (e a fronteira também).



Ponto de ônibus em frente ao Aeroporto


Pegamos o ônibus #61 do aeroporto até a estação de trem de Bratislava (Bratislava hlavná stanica), que ficava ao lado do nosso hotel. 


Ônibus n° 61 - Parada Final na Estação Central de Trem de Bratislava


Para pegar o ônibus, é necessário comprar os tickets em máquinas amarelas disponíveis no ponto de ônibus em frente à saída do aeroporto. Os tickets são comprados conforme o tempo do trajeto. É suficiente comprar um ticket de 30 minutos.



Mercure Bratislava Centrum Hotel. Fonte: Site do Hotel

Nos hospedamos no hotel Mercure Bratislava Centrum. Excelente hotel! Além de próximo à estação de trem, fica a apenas 15 minutos de caminhada da Old Town. 

O hotel é barato, atendimento é excelente, e tem wi-fi gratuito e de boa qualidade por todo hotel. Os quartos são bons. 

O único ponto negativo é o toalete. Com um box pela metade, ao tomar banho no chuveiro, acaba-se por molhar boa parte do banheiro. 

Saiba mais sobre o hotel, clique aqui.

Dia 1

No primeiro dia, fomos visitar a Old Town, que fica a apenas 15 minutos de caminhada do hotel.




No caminho, passamos pelo Palácio Presidencial, e fizemos uma parada para tirar fotos...


Entrada da Old Town. Michael´s Tower

A cidade antiga de Bratislava é charmosa, com ruas estreitas, só para pedestres, cheias de lojas, restaurantes e sorveterias. 




Naquele calor, a vontade era se sentar naqueles restaurantes e tomar uma cerveja...




Jantamos no Restaurante Pavillion junto à praça principal.




Uma rua agradável para conhecer chama-se “Hviezdoslavovo námestie”, onde fica a Embaixada Americana, o Monumento à Vitória e a Filarmônica de Bratislava.




Depois, resolvemos fazer uma caminhada às margens do Rio Danúbio e chegamos a subir na Ponte antiga (Starý Most), de cor verde, para apreciar o por do sol, como muita gente faz.


Ponte Antiga: calçada, ciclovia e parada para apreciar o Rio Danúbio


A ponte tem pista para ciclistas, pedestres, bancos e pontos para observar a belíssima paisagem do Rio Danúbio e o por do sol...




Retornamos para o hotel, afinal, já era tarde...

Dia 2

Monumento Slavín

Após tomar café, caminhamos até o monumento aos soldados soviéticos (Vojnový pamätník Slavín) que libertaram Bratislava, na 2ª. Guerra Mundial, que fica no alto de uma colina. 

Prepare-se para a subida! São várias escadarias até chegar ao monumento.




Lá 6.800 soldados soviéticos foram sepultados e no local foi erguido um memorial em sua homenagem.


Uma das vistas do Monumento Slavín

A vista da cidade lá de cima também é impressionante.

Descemos as ladeiras até a Rua Palisády, onde pegamos um ônibus para o Castelo de Bratislava (Hrad), a principal atração da cidade.


Dica: Para chegar ao castelo, basta observar o letreiro do ônibus, onde deverá estar escrito "Hrad".


Portão Viena. Entrada principal do Castelo.

O castelo de Bratislava é uma construção retangular com 4 torres (uma em cada vértice) e fica num ponto alto da cidade, de frente para o Rio Danúbio. 


Castelo de Bratislava


A construção do castelo foi realizada em várias etapas do século IX ao XVIII. No início do século XIX, o castelo foi bombardeado pelas tropas napoleônicas e em 1811 chegou a sofrer um terrível incêndio. O castelo ficou em ruínas até meados do século XX, quando foi reconstruído.

No castelo, há um museu (Slovak National Museum) e lojas, mas o que é mais chama atenção é a vista do Rio Danúbio.






Descemos pela saída que dá acesso à Old Town (Sigsmund Gate).




Lanchamos num restaurante de esquina, cujo nome não me lembro, e logo fomos caminhando até o shopping center Eurovea.




O Eurovea fica às margens do Danúbio, próximo à Ponte antiga (verde). É um shopping de arquitetura moderna, com muitas lojas, cinema, supermercado e bons restaurantes. 



Detalhe: os preços são bem mais em conta que nas demais capitais europeias. Paramos numa loja de esportes, fizemos algumas compras e retornamos para o hotel.

O ponto de tram fica a poucos metros do Shopping Center, e nos leva diretamente ao hotel. 

À noite, fomos assistir ao final da Eurocopa e jantamos no hotel.

Dia seguinte, tínhamos que viajar para Budapeste (Leia o nosso Relato de Viagem).

Ficamos apenas 2 dias em Bratislava, poderíamos ter ficado mais tempo. Ainda faltou visitar alguns dos principais atrativos da cidade, como o Castelo de Devín, quem sabe jantar no UFO Observation Deck (aquela estrutura redonda que fica no topo da ponte), visitar a Catedral de São Martin ou, ainda, o Museu da cidade de Bratislava.

De qualquer forma, em apenas 2 dias deu para perceber que a cidade é agradável e tem excelente relação custo-benefício. Vamos voltar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com