Relatos de Viagem a Lima, Peru (dia 2): Centro Histórico




No segundo dia em Lima, pegamos um taxi até o Centro histórico de Lima, em especial, até a Plaza Mayor ou Plaza de Armas de Lima






A praça foi o sítio de fundação da cidade de Lima.





Ao redor da praça, encontram-se o Palácio do Governo, a Catedral de Lima e o Palácio da União (Clube da União).





No dia que visitamos, a praça estava fechada pela Polícia, tendo em vista a um possível protesto.







Mas, com cara de turistas, acabamos conseguindo visitar a Catedral e a Praça.






Ao lado da Catedral, encontra-se o “Museo de Arte Religioso de la Catedral de Lima”, mas não chegamos a visita-lo.

Numa rua lateral à Praça (Jirón de la Unión), seguimos pela Passaje del Correo Central de Lima.





Havia uma exposição sobre o Peru e o Mar na época colonial no Archivo General de la Nación.





No Centro Histórico, as atrações são muito próximas umas das outras. Os prédios são bem conservados/restaurados e as  praças limpas e agradáveis.





Depois, seguimos para Basílica e o Convento de São Francisco, onde é possível visitar as famosas Catacumbas de Lima.





A visita custa 10 soles e é guiada, passando por diversas salas/claustros do convento e pelas catacumbas, onde eram enterrados os corpos, abaixo da igreja, quando ainda não havia cemitérios em Lima.

Infelizmente, não é possível tirar fotos no trajeto. Mas, a visita é obrigatória!

As criptas de San Francisco, que se tornaram famosas pela similaridade com as catacumbas romanas, são uma série de câmaras subterrâneas (sob a capela da igreja), foram usadas até o início do século XIX, e serviram para enterrar membros de fraternidades e irmandades.” (Fonte: Museo Catacumbas)

Almoçamos no restaurante La Tapada, na rua Jirón Ancash, bem simples e barato. Eu comi um Lomo Saltado, que é uma carne com cebolas saltados na frigideira. Mas, a comida é só regular....


Retornamos para o hotel.

À noite, fomos jantar próximos ao Larcomar. O Larcomar ainda estava fechado.

À noite, fui ao Central Restaurante, muito indicado no TripAdvisor, mas ainda bem que não tinha vaga e que não tínhamos feito reserva. O restaurante não tinha cardápio e preço era fixo 399 soles!!!




Jantamos, então, num restaurante ao lado, no Bodega de la Trattoria, bem mais em conta. Comi um risoto, que estava bom, mas nada excepcional!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com