Relatos de Viagem a Lima, Peru (dia 5): Huacla Pucllana



No quinto dia, fomos visitar a Huacla Pucllana, um sítio arqueológico na área de Miraflores. 




Fica no meio da cidade, como se fosse uma grande praça.





Huacla Pucllana foi um dos mais importantes centros cerimoniais e administrativos do cultura Lima, sociedade que se desenvolveu na região entre os anos 200 e 700dc. Posteriormente, o sítio passou a servir como um Cemitério da cultura Wari. Por fim, houve a ocupação da cultura Ichma.




O que se destaca no local é a pirâmide de até 25 metros, feita de material adobe.





No local, há cenários recriando alguns rituais da cultura Lima e Ichma.





Além disso, também são apresentados como eram enterrados os mortos na cultura Wari. 






"A arquitetura original do antigo templo Lima ficou em segundo plano, porque foi parcialmente destruída para acomodar os fardos funerários da cultura Wari, compostos por um corpo envolto em inúmeros tecidos e vestuário.
As tumbas eram simples ou múltiplas, e tem outras oferendas de crianças para servir de companhia aos principais indivíduos. Nos túmulos estão vários itens, como roupas, utensílios domésticos das atividades que foram dedicados na vida, objetos rituais da natureza e comida". (fonte: http://huacapucllanamiraflores.pe)



As visitas são guiadas e podem ser feitas em Espanhol ou Inglês. Duram aproximadamente 40 minutos.

No local, há um restaurante muito recomendado no TripAdvisor (Restaurant Huaca Pucllana), mas não chegamos a almoçar lá.....

Seguimos caminhando de lá até o Shopping Larcomar, que tinha acabado de ser reaberto. Finalmente! Aleluia!





O Shopping é bem voltado para o turista. Oferece lojas de grife e restaurantes com belíssimas vistas para o Pacífico. 





Está localizado abaixo do Parque Salazar, em Miraflores.





Os restaurantes do Shopping ainda não estavam oferecendo comidas quentes em razão da falta de fornecimento de gás.

Acabamos almoçando no TGI Fridays. Bom atendimento, boa comida, ... Provei uma das saladas....





Seguimos até o Supermercado Wong, na Avenida Diagonal, nas proximidades da Praça Kennedy. O local costuma ser recomendado para quem quer comer um Ceviche bom e barato....

À noite, jantamos no próprio hotel e seguimos para fazer outras compras no shopping Real Plaza Salaverry.

Dia 6

Dia de ir embora. Pegamos um Uber para o Aeroporto por 35 soles (PEN), aprox. 35 reais. E seguimos num voo da LATAM para São Paulo.

Confesso que havia tempo que queria conhecer Lima. E valeu muito à pena a experiência. Os peruanos são pessoas simpáticas e prestativas. A cidade oferece uma boas atrações, boa gastronomia, bons preços e bons serviços ao turista.

Como era dezembro, não estendi a viagem para Cuzco, pois nesta época chove bastante naquela região. Quem sabe numa próxima oportunidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com