Onde se hospedar em Paris: um hotel com excelente localização



Paris, na França, é uma das cidades mais visitadas do mundo. Os seus belíssimos boulevards, construções, museus, o charme dos seus bistrôs e cafés, o rio Sena, tudo isso encanta qualquer turista. 

Sempre que vamos visitar um destino novo, temos a dúvida de em que bairro ficar e em que hotel devemos nos hospedar. Quando pesquisamos hotéis em Paris, há um grande número de opções, valores e um grande número de bairros. Em Paris, são 20 diferentes Arrondissements (distritos).





Pretende viajar para Paris e não sabe onde se hospedar? 

Vamos direto ao ponto: nossa sugestão é o Mercure Paris Montparnasse Raspail, situado, como o próprio nome diz, no bairro de Montparnasse.

Estive em Paris em dezembro de 2014 e me hospedei por três dias neste hotel.

Gostei muito do hotel por vários motivos.

Em primeiro lugar, tem um razoável custo-benefício. Como você deve saber, Paris é uma cidade onde os serviços em geral são muito caros, especialmente se comparados com outros destinos na Europa, tais como, Lisboa, Madri, Roma e cidades da Alemanha. 

Em consulta ao site Booking.com, a diária de um quarto duplo sem café da manhã e com tarifa não reembolsável para o dia 18/5 custa USD 154,00 e o café da manhã USD 20,00 por pessoa. Preços razoáveis se considerarmos o padrão de Paris.


Boulevard Raspail (Avenida do Hotel)

Em segundo lugar, o hotel tem um bom atendimento, quartos limpos e um bom café da manhã. No café da manhã, não há uma grande variedade de opções, mas tem tudo de necessário para um bom desjejum e de qualidade. Os quartos são pequenos, mas são funcionais. O hotel disponibiliza Wi-fi gratuito para os hóspedes. A nota do hotel no site Booking.com é 8.2.

Em terceiro lugar, a localização é excelente! O bairro de Montparnasse é uma região muito agradável, tranquila, cheia de cafés e restaurantes. Há supermercado, farmácia e outras lojas que podem lhe ser úteis a poucos metros do hotel. 


Restaurante ao lado do Hotel - Mercure Raspail


Do hotel, é possível ir caminhando, por exemplo, até o Jardim de Luxemburgo, que é o maior parque público de Paris, com 224 mil m².


Além disso, diversas estações de metrô e de RER (trem urbano) estão num raio de 500 m do hotel, permitindo que você chegue em poucos minutos às principais atrações de Paris sem a necessidade de trocar de linha.



Estações de Metro e RER próximas ao Mercure Raspail  (Fonte: Trip Advisor)



Vejamos:

Torre Eiffel: 
Vá até a Estação de Metrô Raspail, pegue a linha 6 e desça na estação Bir-Hakein.

Catedral de Notre-Dame:
Vá até a estação de RER Port-Royal, pegue o RER-B, e, após duas estações, desça na estação Saint-Michel Notre-Dame.

Museu do Louvre: 
Vá até a estação de RER Port-Royal, pegue o RER-B, e, após três estações, desça na estação Châtelet - Les halles. Caminhe de 5 a 10 minutos até o Museu.

Aeroporto Charles de Gaulle:
Vá até a estação de RER Port-Royal, pegue o RER-B. O trajeto leva aproximadamente 40 minutos.

Avenida Champs Elysées:
Vá até a estação de metrô Montparnasse-Bienvenüe, pegue a linha 13 e desça na estação Champs-Elyseés-Clemenceu. Outra opção é pegar a linha 12 na estação Montparnasse-Bienvenüe e descer na estação Concorde.

Basílica de Sacré Coeur:
Vá até a estação de metrô Vavin, pegue a linha 4 e desça na estação Château Rouge. Caminhe de 5 a 10 minutos até a Basílica.

Em suma, o grande positivo do hotel é a localização e rápido acesso de transporte público às principais atrações de Paris. Isso sem precisar fazer conexões.
  
Foto: Fachada do Hotel - fonte: www.mercure.com

* Este blog não tem nenhum vínculo com o hotel mencionado e não recebe nenhum tipo de pagamento ou benefício pela referida recomendação. Os preços informados foram consultados em 5/5/2018 às 19hs e podem variar.


Emerson Cesar
Emerson Cesar

Aos 45 anos de idade, Emerson é um aprendiz de fotógrafo que tenta registrar da melhor maneira as experiências de viagem. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 61 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as construções e os lugares. É formado em Engenharia e Direito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário