Joanesburgo, a maior cidade da África do Sul, é um importante hub aéreo com conexões internacionais para a África, Ásia ou Oceania. Se a sua conexão for longa, recomendo visitar o Lion & Safari Park.

É uma excelente opção de day trip para quem já visitou as atrações mais famosas de Joburg, tais como, o Museu do Apartheid, a Casa de Mandela e o bairro de Soweto.

Lion & Safari Park

Toiletes no Lion & Safari Park
Toiletes no Lion & Safari Park

Lion & Safari Park é uma reserva natural de 600 hectares que abrangem uma diversidade de paisagens naturais: montanhas, áreas florestais, rio e planícies abertas.

Nesta reserva, você irá encontrar diversos animais típicos da África do Sul, tais como, girafas, leões (incluindo os brancos), avestruzes, suricatos, crocodilos, guepardos, zebras, hienas, antílopes etc.

Leoa e filhotes, Lion & Safari Park
Leoa e filhotes

No parque, o visitante pode fazer tours guiados, self-drives, caminhadas,  interações com animais, além de visitar alguns animais confinados.

Apresento a seguir algumas das atrações do parque.

1. Tours

Predator Tour:

Tour de 45 minutos em veículo fechado em que você poderá conhecer os principais predadores da África do Sul.

Mini Safari Tour:

Pequeno safari de uma hora e meia em que você conhecerá os principais predadores da África do Sul e outros animais, como girafas, avestruz, etc (leia nosso relato a seguir).

Leoas e filhotes no Lion & Safari Park, África do Sul
Leoas e filhotes no Lion & Safari Park

Night Feeding Tour:

É o Mini Safari feito à noite incluindo a alimentação aos leões e às hienas. Está disponível somente nos feriados e finais de semana às 18hs.

Full Safari:

Um safari de três horas que inclui o Predator Tour e um tour cenográfico pela reserva natural. Inclui uma parada para lanche no Crocodile River.

2. Caminhadas

Cheetahs no Lion & Safari Park, África do Sul
Cheetahs no Lion & Safari Park

Lion Walk:

Caminhada e interação com os leões, sob supervisão de guias (45 a 60 minutos).

Cheetah Walk:

Caminhada e interação com os guepardos, sob supervisão de guias (45 a 60 minutos).

3. Self-Drive

Com o veículo próprio, você poderá visitar as áreas fechadas para leões e cachorros selvagens. A visita não é guiada.

É importante seguir as regras para evitar acidentes. Em 2015, uma turista americana foi morta por passear com o carro com as janelas abertas na área selvagem (leia aqui).

4. Cub Interaction

Interação com Filhotes (Cub Interaction), Lion & Safari Park, África do Sul
Interação com Filhotes – Cub Interaction

A interação com filhotes de leões numa área fechada (Leia nossos relatos a seguir).

Além dessas atrações, o parque conta uma boa infraestrutura, com diversos restaurantes e lojas de souvenirs.

Girafas e Avestruz nas proximidades dos Restaurantes, Lion & Safari Park, África do Sul
Girafas e Avestruz nas proximidades dos Restaurantes

Localização

O parque está localizado em Broederstroom, na Província de North West (Joanesburgo fica em Gauteng). Está a 70 km do aeroporto. O trajeto de carro até lá dura 1 hora.

Horários de Funcionamento

O parque funciona todos os dias do ano. De segunda à sexta, está aberto das 8:30 hs às 18hs. Nos sábados, domingos e feriados, está aberto das 8 às 20hs.

Nossa Experiência

Contamos, a seguir, como foi a nossa experiência no parque e damos algumas dicas.

Ao desembarcar em Joanesburgo, contratamos um tour com a agência The MLO Tours & Transfers. Há um pequeno escritório no piso inferior do aeroporto. Fica à esquerda, logo da saída.

Optamos por fazer o tour por ser mais cômodo. Além dos ingressos, nós deixamos as malas no próprio veículo.

O Sr. Themba nos acompanhou até o parque e, na volta, ainda nos levou para conhecer alguns bairros nobres de Joburg e a famosa praça Nelson Mandela em Sandton.

Saímos em torno das 9:30hs do aeroporto e retornamos às 14:30hs. Três horas são suficientes para explorar as principais atrações do parque.

Mini-Safari Tour

O mini safari tour dura 1h30 minutos. É feito em um veículo gradeado, todo fechado, com abertura para câmeras.

Safari Truck - Veículo usado para o Safari, Lion & Safari Park, África do Sul
Safari Truck – Veículo usado para o Safari

Tome cuidado para não deixar cair os seus celulares, especialmente, nas áreas destinadas aos leões.

Não é um safari real, pois os animais são alimentados pelo próprio parque. Segundo nosso guia, eles vivem num hotel 5 estrelas para animais.

Girafas e Zebras no Lion & Safari Park, África do Sul
Girafas e Zebras no Lion & Safari Park

Na primeira parte do trajeto, apreciamos emas, girafas, zebras e gnus. As girafas chegam até entrar no veículo, onde podem interagir com os turistas.

Girafas e Zebras no Lion & Safari Park, África do Sul
Girafas e Zebras no Lion & Safari Park

A segunda parte é feita numa área fechada com animais selvagens, como leões, onças e cachorros africanos selvagens.

Área Selvagem Cercada, Lion & Safari Park, África do Sul
Área Selvagem Cercada – Lion & Safari Park

Nessa área, o que mais me marcou foi ver um leão descansando sobre uma árvore. Eu disse sobre e não sob!

Ou seja, se você pensa que basta subir numa árvore para fugir do leão, melhor mudar de ideia.

Leão sobre a Árvore, Lion & Safari Park, África do Sul
Leão sobre a Árvore – Lion & Safari Park

O mesmo não acontece com as cheetahs. Segundo nosso guia, elas não sobem em árvores, mas tem uma aceleração impressionante, alcançando os km/h em poucos segundos.

Em grande parte do tempo, os animais estão a descansar. Tem hábitos noturnos.

Interação com filhotes de leões

A interação com os filhotes de leão é rápida, dura no máximo 10 minutos. Costuma ter uma fila para entrar numa área fechada e são poucas as pessoas que entram por vez.

Interação com os Filhotes de Leão, Lion & Safari Park, África do Sul
Turista interagindo com filhotes de leão branco

É importante lavar as mãos na entrada e na saída.

A interação é feita com filhotes de leão branco, com até seis meses de idade. Os leões parecem ser bem tranquilos, mas eu não quis abusar da sorte.

Um rapaz fica tirando foto da interação para tentar vende-la ao cliente na saída.

Turista interagindo com filhotes de leão, Lion & Safari Park, África do Sul
Turista interagindo com filhote de leão branco

Eu levei a minha câmera e ele aproveitou para tirar a foto, mas, ao final, pede uma “caixinha” básica. Ele sabia pedir caixinha em várias línguas.

Aliás, sabe para que eles perguntam de que onde você é? É justamente para pedir dinheiro ou tentar vender algo para você na sua própria língua.

Quanto custa visitar o Lion & Safari Park?

Como falei, contratamos uma agência de turismo no aeroporto. Para três pessoas, foi cobrado o valor de 3.000 rands, ou seja, 1 mil por pessoa (aprox. R$ 268). Incluía o transporte ao parque e os ingressos para o Mini Safari e para a Interação com os Leões. De qualquer forma, não foi barato!

Suricato no Lion & Safari Park, África do Sul
Suricato (Meerkat)

Você também pode ir por conta própria, de carro alugado ou de Uber. O trajeto de Uber só de ida custa em torno de 700 rands.

O mini safari custa 350 rands e a interação com o Leão custa 75 rands.

Pode ser mais econômico ir por conta própria, mas observe que você pode ter dificuldades para pegar um Uber de volta para o aeroporto.

Vale a pena visitar o Lion & Safari Park?

O parque é muito bem avaliado entre seus visitantes. No Tripadvisor, de 2107 avaliações, 1.769 consideram a experiência ótima ou muito boa.

Entretanto, se você consultar a internet vai encontrar muita gente criticando essa atração. A crítica é que os animais estão confinados, que não aprendem a se alimentar por conta própria, e que não se trata de um safari de verdade.

Não deixam de ter um pouco de razão.

Por exemplo, se você for visitar o Kruger Park, onde os animais estão livres na natureza, de fato, é desnecessário visitar o Lion & Safari Park.

Além disso, você também não vai encontrar no Lion Park alguns dos famosos Big Five como elefantes, rinocerontes e hipopótamos.

Wild Dogs no Lion & Safari Park, África do Sul
Wild Dogs no Lion & Safari Park

Entretanto, como eu falei inicialmente, se você está fazendo uma conexão longa, o parque é uma excelente opção para você passar o tempo e ainda ter uma experiência incrível com os animais. Ainda que não seja 100% natural, é bem melhor do que visitar um Zoológico.

Ressalto que não observei maus tratos aos animais ou que os mesmos estivessem sujeitos a condições degradantes.

Author

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

2 Comments

  1. Olá Emerson, de forma alguma quero fazer jabá do meu blog (nem vou escrever o nome aqui exatamente por isso, mas deixo o site nas informações), mas, curiosamente, ontem escrevi um post sobre turismo animal exploratório e um dos exemplos que dei foi sobre interação com filhotes de leão. Caso tenha interesse em saber mais sobre o assunto e o motivo de eu ser contra, por favor dá uma passadinha lá para dar uma lida.
    Abraços
    Barbara

    • Luciana Mardegan Reply

      Oi Barbara, super concordamos com você! Não queremos de maneira nenhuma estimular o turismo animal exploratório! Infelizmente, precisamos fazer um mea culpa por ja termos errado mais de uma vez… a consciência vem com o tempo! Se você tiver tempo, leia também o post que falamos de nadar com o tubarão baleia em Oslob. Hoje, com certeza, não faria… e aproveitamos o post para alertar outros leitores! Acho que o turismo exploratório é muito mais amplo que apenas exploração; passa, por exemplo, por visitar as pescoçudas na Tailandia e até soltar balões segundo a tradição em Shifen! Enfim, viajar é também aprender com os nossos erros! Bjo

Write A Comment

Pin It