O metrô de Xangai é a melhor forma de se deslocar nessa metrópole. Trata-se de um meio de transporte moderno, barato e que permite alcançar as principais atrações e pontos de interesse da cidade.

Com 17 linhas, 413 estações e 676 km de extensão, o metrô de Xangai é o segundo maior metrô do mundo em extensão, só perdendo para o metrô de Pequim.  Esse sistema transporta mais de 10 milhões de pessoas diariamente e integra-se a outros modais como o Maglev, o trem de levitação magnética. Começou a operar em 1993 e, desde então, novas linhas vem sendo construídas alcançando os pontos mais longínquos da região metropolitana.

Mapa do Metrô de Xangai
Mapa do Metrô de Xangai (créditos: shmetro.com)
  • Apenas a título de comparação, o metrô de São Paulo começou a operar em 1968 e hoje dispõe de 6 linhas, 89 estações e 101 km de extensão.

O metrô de Xangai dispõe de informações em inglês e em mandarim, o que facilita muito o deslocamento dos turistas ocidentais. Cada estação é bem sinalizada com indicações de qual saída você deve escolher para chegar ao ponto de interesse.

  • Algumas estações são imensas e possuem várias saídas, oferecendo um caminho subterrâneo para os que os usuários do transporte público se desloquem em dias de chuva ou de frio. A estação Xujiahui (linhas 1, 9 e 11) é a que mais possui saídas. São 20 saídas que dão acesso a 6 shoppings centers, 8 torres de edifícios e ao parque público Xujiahui.
Estação Changzhong Road, Metrô de Xangai, China
Estação Changzhong Road (Créditos: Emcc83 / CC BY-SA 3.0)

Além disso, tudo é muito limpo e organizado, inclusive, a entrada e saída de passageiros do trem. Há também portas automáticas nas plataformas que são sincronizadas com as portas dos vagões, evitando que, por acidente, os passageiros caiam nos trilhos.

Em alguns dias e horários,  as estações e os vagões podem ficar lotados, mas nada absurdo se comparado com os metrôs brasileiros. Basta procurar uma área mais tranquila e aguardar o próximo trem.

Confira a seguir as principais informações para você usar o metrô de Xangai.

Tickets

São várias as opções de tickets disponíveis. Você deve escolher o ticket que melhor se adapta ao seu roteiro diário.  No meu caso, como fazia poucos deslocamentos durante o dia, optava pelo Single Ticket, que é válido apenas para uma viagem.

Single Journey Ticket, Metro de Xangai
Single Journey Ticket, Metro de Xangai

Single Ticket

O preço dos single ticket varia conforme o trajeto. Quanto mais longo o trajeto, maior o preço do ticket. Começa com 3 ¥ (equivalente a R$ 2,13) para deslocamentos de até 6 km. Acima de 6 km, deve-se acrescer 1 ¥ a cada 10 km. Havendo mais de um caminho para ir da estação A até a estação B, será considerado o menor caminho possível.

  • Para saber uma rota entre duas estações e quanto custa o trajeto, clique aqui e utilize o quadro “Route & Fare Inquiry”.

De qualquer forma, o preço é barato, quando comparado às demais opções de transporte. O custo-benefício também é excelente.

One Day Pass

É um ticket que permite um número ilimitado de viagens por 24 horas a partir da primeira vez que você o utilizou. Custa 18 ¥ (ou R$ 12,78 na cotação atual). O passe de 1 dia está disponível em todas as estações de metrô.

3 Day Pass

É um ticket que permite um número ilimitado de viagens por 72 horas a partir da primeira vez que você o utilizou. Custa 45 ¥ (ou R$ 32 na cotação atual). O passe de 3 dias está disponível em todas as estações de metrô.

Shanghai Public Transportation Card (SPTC)

É um cartão de transporte semelhante ao Bilhete Único de São Paulo/SP que você pode comprar em lojas de conveniência, bancos e estações de metro, mediante um depósito de 20 yuans. Pode ser recarregado nas máquinas das estações. Se você gastar 70 yuans no mês, você obtém 10% de desconto nas próximas tarifas.

Esse cartão é mais apropriado para quem mora em Xangai e não para turistas.

Comprando os single tickets no metrô de Xangai

A compra dos tickets é feita logo na entrada das estações, nas máquinas apropriadas para tal, geralmente, dispostas nos cantos, junto às paredes.

Ticket Vending Machines, Metrô de Xangai
Ticket Vending Machines

Antes de comprar, é importante que você identifique a estação de destino e as linhas que passam por ela.

À primeira vista, pode parecer complicado comprar os single tickets, mas não é. Siga os passos a seguir:

  • Passo 1 – selecione a opção Inglês (English) no canto superior direito da tela.
Máquina de Venda de Tickets, Metrô de Xangai Tela 1
Passo 2 – Selecione a linha da estação de destino
  • Passo 2 – na parte inferior da tela, selecione uma linha que passa pela estação de destino. Se várias linhas passam por esta estação, você pode escolher qualquer uma.
  • Passo 3 – selecione a estação de destino desejada.
Máquina de Venda de Tickets, Metrô de Xangai
Passo 3 – selecione a estação de destino desejada.
  • Passo 4 – selecione o número de tickets que deseja comprar.
Máquina de Venda de Tickets, Metrô de Xangai
Passo 4 – selecione o número de tickets que deseja comprar
  • Passo 5 – insira o dinheiro na máquina.
  • Passo 6- retire seus tickets.

Em geral, as máquinas aceitam moedas e notas de até 50 ¥ . Entretanto, algumas delas  só aceitam moedas.

Caso tenha algum problema, pode também comprar os tickets junto aos balcões de atendimento.

Pegando o Metrô de Xangai

De posse do seu ticket, basta seguir as indicações da linha de metrô desejada. Em estações grandes, que permitem muitas conexões, pode ser necessário caminhar bastante.

Check de Segurança, Metrô de Xangai
Verificação de Segurança (créditos: site do Metrô)

Antes de chegar aos bloqueios, você deve passar pelo check de segurança. Todas as malas, independentemente do tamanho, devem passar pelo Raio X.  Há vários objetos restritos ou proibidos, mas, nada que um turista normal costume carregar. Leia aqui.

  • Em função da pandemia, também há medição de temperatura dos passageiros na entrada e é obrigatório o uso de máscaras.

Você deve encostar o ticket no leitor para liberar os bloqueios. É importante guardar o seu ticket até a saída da estação. Caso esteja carregando malas, as estações costumam ter um bloqueio mais largo.

Placa no Metrô de Xangai
Sentido do metrô: placa indicando a próxima estação (East Nanjing Road)

Descendo as escadas, você tem acesso aos trens. Para saber qual o sentido você deve tomar, cada plataforma tem placas indicando qual é a próxima estação.

Entrada e Saída dos Vagões, Metrô de Xangai
Entrada e Saída dos Vagões

Há uma regra para entrada e saída dos vagões. Os passageiros descem primeiro pelo centro e, quem entra, o faz pelas laterais. Ou seja, você deve deixar o centro da porta livre para os passageiros que saem.

Interior dos Vagões, Metrô de Xangai
Interior dos Vagões: quase todos os passageiros de olho no smartphone.

Na saída da estação de destino, basta subir as escadas e inserir o seu single ticket, que ficará retido, para liberar os bloqueios.

As estações costumam ter várias saídas. Nas paredes, você encontra placas indicando a saída que você deve pegar para chegar ao seu ponto de interesse.

As principais estações do metrô de Xangai

Em Xangai, é possível fazer quase tudo de metrô. A seguir, você encontra as principais estações e os respectivos pontos de interesse:

  • Luijiazui: é uma península em Pudong onde fica a famosa Torre Pérola Oriental, cartão postal de Xangai, e uma incrível passarela circular para pedestres. Ao visitá-la, descobri que estava numa das mais incríveis cidades do mundo. Saiba mais sobre Luijiazui.
  • East Nanjing Road: a estação dá acesso à Nanjing Road, uma das mais famosas ruas de pedestres de Xangai, bem como, ao Bund, um amplo calçadão às margens do rio Huangpu. Saiba mais sobre a Nanjing Road e sobre o Bund.
  • People’s Park: é um parque público no distrito de Huangpu famoso pela “feira” de anúncios de casamento que acontece aos domingos. Saiba mais sobre o People’s Park.
  • Yuyuan Garden: a estação dá acesso à cidade antiga de Xangai (Shanghai Old Town) e ao jardim Yu. Saiba mais sobre a Shanghai Old Town e Yuyuan Garden.
  • Century Avenue: a estação é um importante hub de conexões no distrito de Pudong e dá acesso à principal avenida desse distrito.
  • Century Park: é o maior parque urbano de Xangai, com 140 hectares. Saiba mais sobre o Century Park.
  • Shanghai Science & Technology Museum: é um museu de tecnologia e ciência em Xangai localizado em Pudong. É amplo e possui diversas exposições relacionadas ao corpo humano, à robótica, ao espaço e à natureza, dentre outras.
  • Jing’an Temple: a estação dá acesso ao Templo Jing’an. Trata-se de um Templo Budista em Xangai. Em Chinês, significa Templo da Paz e da Tranquilidade. Situado no coração da cidade, na famosa West Nanjing Road, rodeado de prédios e construções, o Templo parece fazer jus ao nome. Ali o visitante encontra paz e tranquilidade. À primeira vista pode parecer pequeno, mas é imenso, com a sua Pagoda, seus diversos Halls, Câmaras e Pátio. Vale reparar nos detalhes e nas esculturas nas portas, janelas e nas escadas.
  • Qibao: dá acesso à cidade antiga de Qibao (Qibao Ancient Town). É uma watertown localizada às margens do Rio Puhui. Uma oportunidade de conhecer uma cidade histórica a poucos minutos de Xangai. Saiba mais sobre a Qibao Ancient Town.
  • Shanghai Zoo: a estação dá acesso ao zoológico de Xangai.
  • Dapuqiao: a estação dá acesso a Tiangzifang, um quarteirão na antiga área de concessão francesa, no Distrito de Huangpu. Trata-se de uma área alternativa de Xangai, onde aflora o espírito artístico e criativo. Saiba mais sobre Tianzifang.
  • Zhujiajiao: é uma watertown localizada no distrito de Qingpu, a 50 km do centro de Xangai. A cidade antiga tem mais de 1.700 anos de história. No passado, a cidade dedicava-se ao comércio de arroz e roupas. Atualmente, é uma importante atração turística. Saiba mais sobre Zhujiajiao.
  • Disney Resort: a estação dá acesso à Disneylândia de Xangai.
  • Longyang Road: a estação conecta o Maglev, o trem de levitação magnética que liga o aeroporto de Pudong, ao metrô de Xangai. Saiba mais sobre o Maglev.
  • Aeroportos: o metrô de Xangai dá acesso aos dois aeroportos de Xangai: Pudong e Hongqiao (terminais 1 e 2).
  • Estações de trens interurbanos: o metrô de Xangai dá acesso a todas as estações de trens interurbanos na cidade, tais como, a Shanghai Railway Station, a Shanghai South Railway Station e a Hongqiao Railway Station.
Leia também:
10 motivos para visitar Xangai. É hora de mudar os paradigmas!
Onde comer em Xangai? 3 restaurantes para o paladar ocidental.
Internet na China: o que você precisa saber antes de viajar
Como tirar o visto para a China? Um guia completo!
Como funciona a isenção de visto de trânsito para a China?
Author

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Pin It