No primeiro dia em Split, na Croácia, fizemos um tour pelas Ilhas em torno da cidade. Havíamos contratado, no dia anterior, a agência Toto Travel, que fica ao lado da nossa acomodação em Split (Riva Rooms).

Por 90 euros por pessoa, ela fazia o tour para a Caverna Azul e para as ilhas Brač, Sveti Klement e Hvar. A ida à Caverna Azul, entretanto, dependia de condições meteorológicas.

O encontro foi marcado às 7:45hs na própria agência. Infelizmente não foi possível visitar a Blue Cave em função das condições meteorológicas. O passeio foi reduzido, e, por causa disso, a empresa ofereceu um desconto (20 Euros) ou a possibilidade do reembolso do valor integral pago.

Trajeto do Passeio pelas Ilhas ao Redor de Split
Trajeto do Passeio pelas Ilhas ao Redor de Split

1. A Caverna Azul (Blue Cave)

Blue Cave, Croácia
Blue Cave, Croácia (créditos Leonardo Shinagawa – Flickr.com)

Caverna Azul (Modra Špilja) fica na Ilha de Bisevo, próxima à Ilha de Vis, um pouco distante de Split. Como o próprio nome indica, o que mais encanta no local é a cor azul e cristalina das suas águas. Na época da Iugoslávia, o local era inacessível aos turistas, uma vez que as ilhas eram consideradas de interesse militar no Governo do Marechal Tito.

 

Atualmente, são permitidas visitas à Blue Cave, mas o acesso não deixou de ser regulado pelo Governo. Apenas um barco entra por vez e a entrada é cobrada à parte (50 kunas). O melhor horário para visitar a Caverna é às 11hs da manhã. Para entrar, não esqueça de baixar a cabeça…

Como dá para perceber, quando a maré está muito alta, a entrada da caverna fica “fechada”. O passeio lá nas cavernas dura pouco, há uma longa espera até chegar a sua vez (aprox. 45 minutos), mas a imagem do lugar costuma ficar marcada na memória dos seus visitantes.

Lancha Rápida, Split, Croácia
Lancha Rápida: tour para as ilhas próximas a Split

Nossa visita, entretanto, restringiu-se às três ilhas: BračSveti Klement e Hvar.

Pegamos uma lancha rápida, com capacidade para 12 pessoas.

  • Dica: É bom trazer ou usar um casaco, pois, em razão da velocidade da lancha, passa-se muito frio. Fui de bermuda e passei muito frio nas pernas.

2. Ilha Brač

Milna, Ilha Brač, Croácia
Milna, Ilha Brač, Croácia

A primeira parada foi em Milna, que fica na costa oeste da Ilha Brač. A propósito, a Ilha Brač é imensa!

Parish Church, Milna
Parish Church, Milna

Não vi muita coisa interessante para fazer em Milna, exceto visitar uma Igreja (Parish Church), construída no século XVIII.

Parish Church, Milna
Parish Church, Milna

Você também pode escolher um dos cafés/restaurantes e ficar apreciando o movimento de barcos na marina.

Cafés em Milna - Ilha Brač
Cafés em Milna – Ilha Brač

3. Ilha Sveti Klement

Marina Palmižana, Sveti Klement
Marina Palmižana, Sveti Klement

A segunda parada foi na Marina Palmižana, na ilha Sveti Klement, que fica nas proximidades da ilha Hvar. A marina Palmižana é considerada uma das mais bonitas do mar Adriático. De fato, dá para perceber em fotos como esta.

Ilha Sveti Klement
Caminho pela Ilha Sveti Klement

Cruzando a ilha (5-10 minutos de caminhada), no outro lado da marina, você encontra uma praia agradável e, também, diversos restaurantes.

Praia na ilha Sveti Klement
Praia na ilha Sveti Klement

Infelizmente, nesta época do ano (abril), a maior parte deles não está aberta. A praia é de águas cristalinas, mas estava bem fria.

Praia na ilha Sveti Klement
Praia na ilha Sveti Klement

4. Ilha de Hvar

Vista de Hvar - Ilhas ao redor de Split, Croácia
Hvar, Croácia

Nossa última parada foi na Vila de Hvar (Hvar Town), na Ilha de Hvar. Trata-se de um dos destinos mais populares no mar Adriático. Provavelmente, em função das festas e baladas que acontecem por ali, como estas no Hula Hula Beach Bar.

 

Para chegar à Vila de Hvar, você não precisa necessariamente contratar uma agência de turismo. Pode pegar um Ferry a partir de Split, tal como, o Jadrolinija. Pode, ainda, pegar um Taxiboat, tal como, o Dalmatia-Express.

  • Fique atento se o seu ferry chega na Vila de Hvar ou em Stari Grad, ambos são portos de desembarque na Ilha de Hvar. Mas, para chegar de Stari Grad até a vila de Hvar, serão necessários mais 30 minutos de carro.

Se você tiver tempo, pode se hospedar na Ilha de Hvar (onde há diversos apartamentos, hostels, pousadas e alguns hotéis) e utilizá-la como base para visitar as ilhas e as praias da região e, ainda, as cavernas azul e verde.

Na vila de Hvar, há basicamente três atrações: Catedral de St. Stephen, a Fortaleza de Hvar e o Monastério Franciscano.

Catedral de St. Stephen

Catedral de St. Stephen, Hvar
Catedral de St. Stephen, Hvar

Catedral de St. Stephen foi construída entre os Séculos XVI e XVII, feita de pedra branca.

A Catedral se destaca na Praça Principal de Hvar, uma das maiores da Croácia com 4.500 metros quadrados. A propósito, foi a partir da praça principal que a vila cresceu e se desenvolveu. Atualmente, há diversos bares, lojas e restaurantes no entorno da praça.

Praça Principal de Hvar, Croácia
Praça Principal de Hvar, Croácia

Fortaleza de Hvar

Fortaleza de Hvar - Ilhas ao redor de Split, Croácia
Fortaleza de Hvar, Croácia

Fortaleza de Hvar (Fortica Španjola) foi construída no Século XVI durante a era Veneziana. Fica no alto de uma colina. Está muito bem preservada. A subida é íngreme e difícil.

Subindo até a Fortaleza de Hvar
Subindo até a Fortaleza de Hvar

Mas, seu esforço será recompensado!

Subindo até a Fortaleza de Hvar
Subindo até a Fortaleza de Hvar

Observe essa belíssima vista panorâmica da vila de Hvar e, até mesmo, das ilhas Pakleni.

Vista a partir da Fortaleza de Hvar, Croácia
Vista a partir da Fortaleza de Hvar, Croácia

Recomenda-se visitar a Fortaleza para observar o Por do Sol. O ingresso custa 30 kunas, mas no dia em que visitamos, os portões estavam abertos.

Lá em cima, você encontra também uma exposição de artigos da Idade Média, prisão, canhões e uma loja de souvenirs.

Monastério Franciscano

Monastério Franciscano foi construído a partir século XV em frente ao mar, ao lado de uma pequena praia (Lučica Beach). O que mais se destaca no Monastério são suas pinturas, inclusive uma da última Ceia. Você também pode visitar uma pequena capela, um patio (onde são realizados concertos) e um museu. O mosteiro fica a 5 minutos de caminhada da parte central da cidade de Hvar.

Ruas estreitas em Hvar, Croácia
Ruas estreitas em Hvar, Croácia

Mas, além dessas atrações, na parte baixa, você pode passear pela marina, pelas vielas que dão acesso à Fortaleza e visitar as diversas lojas e restaurantes.

Hvar é uma das principais ilhas ao redor de Split
Mesinhas na Orla de Hvar, Croácia

Permanecemos em Hvar por 3hs. No final da tarde, retornamos para Split.

Resumindo…

Lancha Rápida retornando a Split
Lancha Rápida retornando a Split a partir das Ilhas

O passeio às Ilhas (Island Hoping) é uma excelente opção para quem visita Split, na Croácia. Afinal, a principal atração da cidade é o Palácio de Dioclesiano, que pode ser explorado num único dia.

No nosso caso, infelizmente, faltou a visita à Caverna Azul. Além disso, eu também gostaria de passar mais alguns dias em Hvar, para aproveitar melhor a ilha e os seus resorts. Também é possível utilizar a ilha como base para explorar as demais ilhas da região.

Se você for viajar de lancha, só não esqueça o um agasalho e uma calça comprida! Faz muito frio na viagem!

Author

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Write A Comment

Pin It