A Ilha de Santa Cruz é a porta de entrada do incrível arquipélago de Galápagos, no Equador. É um destino turístico imperdível para quem quer contato (ou melhor, proximidade) com a natureza e com a biodiversidade. Dentre as atrações turísticas da Ilha, destaca-se o Rancho El Chato, o paraíso das tartarugas gigantes. Sem dúvida, vale a visita!

O Rancho El Chato é uma reserva privada próxima à Rodovia E5 que corta a Ilha de Santa Cruz. É uma área de proteção ambiental onde as tartarugas gigantes podem ser observadas em seu habitat natural.

Foto com Tartaruga Gigante, Rancho El Chato, Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Foto com Tartaruga Gigante, Rancho El Chato

Sobre o Equador, leia também:


O que ver no Rancho El Chato?

Tartarugas na Floresta, Rancho El Chato, Galápagos, Equador
Tartarugas na Floresta, Rancho El Chato

A principal atração do rancho são as centenas de tartarugas gigantes espalhadas por uma área de 12 hectares (120 mil m²). Elas são muito grandes; podem ter até 1,5 metro de comprimento e pesar até 250 kg (fonte: Happy Gringo). Existem tartarugas que podem chegar a 100 anos de idade.

Tartaruga Gigante em Lago, Rancho El Chato, Galápagos, Equador
Tartaruga Gigante em Lago, Rancho El Chato

No rancho, elas estão por toda parte: na floresta, nas trilhas e nas piscinas de lama, banhando-se. Algumas até cruzam a via que dá acesso ao rancho. Neste caso, a preferência é da tartaruga!

Tartaruga Cruzando Via, Rancho El Chato, Galápagos, Equador
Cruzando a via de acesso ao El Chato: a preferência é da Tartaruga

Não se deve tocar, alimentar ou se aproximar dos animais. A distância mínima solicitada é de 3 metros. O contato com humanos pode modificar o  comportamento das tartarugas. Além disso, você pode lhes transmitir seus germes e outros microorganismos contra os quais elas não podem se defender. A propósito, o casco das tartarugas possui terminações nervosas, ou seja, elas sentem ao serem tocadas.

O que torna Galápagos um lugar único para ser visitado é o fato de os animais não terem medo de se aproximar dos humanos, uma vez que eles não tem predadores naturais. Portanto, para preservar a vida animal, faça o possível e o impossível para não tocar nas tartarugas, nos leões marinhos e outros animais que você encontrar nas Ilhas, mesmo que eles venham em sua direção.

O Rancho El Chato também é um local de observação de várias espécies de pássaros, tais como, os famosos tertilhões de Darwin (pinzón).

Trilhas do Rancho El Chato, Galápagos
Trilhas do Rancho El Chato

Durante a visita, você também pode percorrer trilhas que passam por florestas de escalesias, uma árvore típica do arquipélago. É importante calçar botas (fornecidas na sede do rancho)! Os caminhos podem estar lamacentos, escorregadios ou cobertos de vegetação. A propósito, a reserva fica numa parte alta da ilha e possui um microclima próprio, diferente do da cidade de Puerto Ayora. Pode chover, fazer sol, ficar nublado e mudar tudo de uma hora para outra. É importante também seguir as trilhas para não se perder nessa imensa propriedade.

Túnel de Lava, Rancho El Chato, Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Túnel de Lava, Rancho El Chato

Outra atração do Rancho El Chato são os túneis de lava, feitos de lava resfriada e endurecida. Tome muito cuidado ao descer e caminhar por eles pois o trajeto pode estar escorregadio.

Entrada do Túnel de Lava, Rancho El Chato, Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Entrada do Túnel de Lava, Rancho El Chato

As Ilhas Galápagos são regiões geologicamente novas e com muita atividade vulcânica. Dos 23 vulcões emergentes, 13 são considerados ativos.

Na sede do Rancho

Sede do Rancho El Chato, Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Sede do Rancho El Chato

Na sede do Rancho El Chato, há um barracão com um restaurante e uma casinha onde são alugadas as botas. Aos visitantes, são oferecidos café ou chá gratuitamente. Você também pode comprar outras bebidas (água, cerveja, refrigerante, etc.).

No local, é servido almoço. A propósito, a comida é muito elogiada pelos visitantes ($10 a refeição). Como chegamos no meio da tarde, acabamos não provando, mas você pode conferir as avaliações no Google Maps e no Tripadvisor.

Cascos de Tartarugas Gigantes, Rancho El Chato, Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Cascos de Tartarugas Gigantes

Na sede, você também encontra alguns cascos de tartarugas gigantes para tocar e tirar fotos, se quiser.

Informações úteis

Mapa da Ilha de Santa Cruz, Galápagos, Equador
Reserva El Chato na Ilha de Santa Cruz (fonte: Google Maps).

A Reserva El Chato está localizada a 22 km de Puerto Ayora, a cidade mais importante da Ilha de Santa Cruz e também do arquipélago de Galápagos.

Ao invés de pegar um taxi a partir da cidade, a dica é visitar o Rancho El Chato no trajeto entre o Aeroporto Seymour da Ilha de Baltra (GPS) e Puerto Ayora. No mesmo trajeto, aproveite para conhecer uma interessante formação geológica conhecida como Los Gemelos. Ao lado da El Chato, encontra-se o Rancho Primicias, que também é uma reserva de tartarugas gigantes.

Ao chegar ao terminal de Ferry de Santa Cruz, negocie com um motorista, pagando um pouco mais para parar nestes pontos de interesse. Na minha opinião, não compensa pegar um taxi em Puerto Ayora apenas para visitar a Reserva El Chato. Os taxis de Puerto Ayora costumam cobrar $40 dólares americanos pelo trajeto.

Em Puerto Ayora, há outros lugares onde você também pode apreciar as tartarugas. Um deles é a Estação Científica Charles Darwin. Outro, é fazendo um passeio de barco com snorkelling a partir do Píer de Puerto Ayora. De qualquer forma, o melhor lugar para ter proximidade e tirar fotos com as tartarugas gigantes é o Rancho El Chato e o vizinho Rancho Primícias. Nas praias, não é tão comum encontrá-las, especialmente, as deste tamanho.

O ingresso na Reserva El Chato custa $5 dólares americanos por pessoa. O horário de funcionamento é das 8h às 17h30. Para maiores informações, consulte a página do Facebook.

Author

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Write A Comment

Pin It