Imagine uma cidade-estado, insular, sem grandes fontes de matéria-prima, que no período de apenas 40 anos, passou do terceiro para o primeiro mundo. Uma cidade que recebeu mais de 15 milhões de turistas estrangeiros em 2015, que é limpa, organizada, segura, com ótimos meios de transporte e que tem um clima quente (equatorial) a maior parte do ano.

Esta cidade-estado é Singapura, na Ásia, localizada na ponta sul da península da Malásia.

Aproximadamente 5 milhões de pessoas vivem por lá, das quais 2,91 milhões nasceram no local (fonte: wikipedia). A população é formada basicamente por descendentes de chineses, malaios e indianos, que ainda mantém suas culturas e línguas. ChinatownLittle India e Arab District são bairros que refletem as tradições destas três culturas.

Como foi ex-colônia britânica, o governo local resolveu adotar, ainda, em 1965, o inglês como língua oficial, com vistas a maximizar os benefícios econômicos e a integração à economia internacional.

Merlion é o símbolo de Singapura

É uma criatura mística com cabeça de leão e corpo de peixe (mer = mar e lion = leão). As estátuas do Merlion estão presentes em diversos lugares de Singapura. A mais famosa fica na região de Marina Bay, em frente ao famoso Marina Bay Sands, e é parada obrigatória para foto dos turistas.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by ClasseTurista (@classeturista) on

É um dos países mais interessantes que já visitamos, com diversas atrações turísticas, bons hotéis e restaurantes. Estivemos lá pela primeira vez em 2012. Desde então, já retornamos diversas vezes e ainda pretendemos voltar.

Isenção de Vistos para Brasileiros

Brasileiros não precisam de visto de turismo para permanecer até 30 dias no país. É bom trazer o certificado de vacinação de febre amarela. No formulário de imigração, costuma-se perguntar se você visitou países da América latina ou da África nos últimos 6 dias.

Neste post, relacionamos as 10 principais atrações da cidade para que você possa se inspirar e aproveitar melhor esta pérola do sudeste asiático.

1. Marina Bay Sands: SkyPark Observation Deck

Piscina de Borda Infinita - Marina Bay Sands
Piscina de Borda Infinita – Marina Bay Sands

Ver a região de Marina Bay do alto do seu edifício mais famoso, o Marina Bay Sands, é simplesmente imperdível. Deste deck de observação, é possível apreciar a arquitetura moderna da cidade, seus prédios, a ponte helicoidal e a Singapore Flyer.

Aproveite sua visita ao deck para tirar fotos incríveis. O deck fica numa área sobre a torre 3 do edifício. Não é possível, infelizmente, visitar a piscina de borda infinita, que é exclusiva para os hóspedes do hotel. No deck tem lanchonete, bar e loja.

Espetáculo Wonder Full em Singapura
Espetáculo Wonder Full em Singapura

À noite, você pode apreciar também o Wonder Full, que é um show de luzes e música que ocorre na baía. De Domingo à quinta-feira, o show ocorre às 20hs e 21:30hs, e na sexta-feira e no sábado, o show tem lugar também às 23hs.

2. Universal Studios Singapore

Entrada do Universal Studios Singapore
Entrada do Universal Studios Singapore

A Universal Studios Singapore é um parque temático localizado na Ilha de Sentosa. É dividido em setores e reúne diversas atrações e shows para crianças e adultos, tais como, o TransformersRevenge of the MummyTreasure HuntersCanopy Flyer, etc.

O parque é um pouco menor que o Universal Studios e o Universal´s Islands of Adventure de Orlando, mas apresenta algumas vantagens em relação ao parque americano.

É de fácil acesso, basta pegar o metro até a estação HarbourFront, entrar no Shopping Vivo City e pegar o Sentosa Express até a estação Waterfront. Além disso, é mais barato que o Universal Orlando. Enquanto o parque de Singapura custa em torno de 55 USD (74 SGD), o parque americano custa 105 USD por dia.

Por último mas muito importante: as filas são menores, permitindo que você aproveite mais atrações no parque.

3. Templo e Museu da Relíquia do Dente de Buda

O que fazer em Singapura? As 10 atrações imperdíveis! 1

O Templo e Museu da Relíquia do Dente de Buda é uma das principais atrações de Singapura (Traveller’s Choice – Tripadvisor). Localizado no bairro de Chinatown, ele é de fácil acesso aos turistas, a uma pequena distância da estação de metrô Chinatown.

O templo foi construído com elementos da dinastia Tang, e é composto por quatro andares, um terraço superior e um mezanimo. É belíssimo e vale uma visita. O templo tem este nome porque guarda o que seria a relíquia do dente de buda, encontrado em 1980 numa estupa colapsada em Myanmar.

4. Singapore Flyer

Singapore Flyer - vista a partir do Marina Bay Sands
Singapore Flyer – vista a partir do Marina Bay Sands

Singapore Flyer é uma roda gigante que fica nas proximidades do Autódromo de Cingapura. Aberta em 2008, com 165 metros de altura, foi a maior roda gigante do mundo até 2014, quando foi superada pela High Roller em Las Vegas, Estados Unidos.

A Singapore Flyer é uma das atrações imperdíveis de Cingapura. Pode ser descrita como um “Moving Observation Deck”, pois proporciona uma vista incrível do autódromo, do Gardens by the Bay e da região de Marina Bay, incluindo o edifício Marina Bay Sands. Alguns moradores locais dizem que, com o tempo bom, é possível ver até a ilha de Batam, na Indonésia, a partir da roda gigante. Você pode visitar a Flyer de dia ou de noite.

Na parte de baixo da Singapore Flyer, há uma estrutura com restaurantes, bares, lanchonetes e lojas.

Visitamos de dia e aproveitamos para tomar uns sucos refrescantes que eram vendidos numa das barraquinhas. Naquele calor de janeiro, foi delicioso! Foi a primeira vez que experimentamos o suco de melancia amarela!

A Singapore Flyer fica próxima ao metrô Promenade e funciona das 8:30hs até às 10hs da noite.

5. Gardens by the Bay

O que fazer em Singapura? As 10 atrações imperdíveis! 2
SuperTree Grove, Gardens by the Bay

Gardens by the Bay é um imenso parque natural na região de Marina Bay, em frente ao edifício do Marina Bay Sands. O parque se estende numa área de 101 hectares.

Os jardins compõem-se de uma área de entrada franca e uma área de entrada restrita (paga).

As principais atrações restritas do Gardens by the Bay são as estufas e o OCBD Skyway.

As estufas são a Cloud Forest, que é uma floresta construída dentro de uma estufa com clima tropical, e o Flower Dome, que é uma estufa que replica o clima fresco e seco de regiões mediterrâneas e expõe flores e plantas de diversas partes do mundo.

OCBD Skyway, Gardens by the Bay
OCBD Skyway, Gardens by the Bay

OCBD Skyway é uma passarela a 22 metros de altura numa região chamada de Supertree Grove.

6. Haw Par Villa

Haw Par Villa
Haw Par Villa

O Haw Par Villa é um belíssimo parque temático em Singapura. O parque é composto por  inúmeras estátuas e dioramas que contam um pouco da cultura, da mitologia e do folclore chinês.

A atração mais famosa do Haw Par Villa é as 10 Cortes do Inferno (Ten Courts of Hell). Ao entrar nas Cortes, que ficam num túnel, passa-se por diversos estágios, em que cada pecado recebe uma punição que envolve algum tipo de sofrimento físico.

7. Museu Nacional

 

View this post on Instagram

 

A post shared by ClasseTurista (@classeturista) on

O museu é o mais antigo museu de Singapura, com belíssimas galerias de arte e exposições, temporárias e permanentes, que contam a história da cidade-Estado e outros temas.

A exposição “We build a nation”, por exemplo, explora os 10 primeiros anos de independência do país (1965-75) e que definiram a história de Cingapura, sob a liderança do Primeiro Ministro Lee Kuan Yew.

A galeria “Modern Colony” explora a natureza cosmopolita da cidade durante os anos de 1920s e 1930s.

O museu é diversificado e organizado. Vale à pena gastar algumas horas por lá.

8. Singapore Botanic Gardens

Singapore Botanic Gardens
Singapore Botanic Gardens

O Singapore Botanic Gardens é uma imensa área tropical (82 hectares) que foi considerado patrimônio mundial pela Unesco. É composto por diversos jardins e lagos, destacando-se o Jardim das Orquídeas, a Floresta Tropical e o Jardim de Gengibre, dentre outras atrações. Há, inclusive, um jardim de plantas medicinais.

Ao lado de todas as plantas há uma placa com informações detalhadas.

O local é muito visitado por jovens e famílias. Há lanchonetes e lojas no local.

Dica: leve uma garrafa de água. Pode fazer muito calor, dependendo da estação do ano.

Para chegar ao Jardim Botânico, basta descer na estação Botanic Gardens do Metrô. A entrada é gratuita.

9. Mesquita do Sultão

 

View this post on Instagram

 

A post shared by ClasseTurista (@classeturista) on

É uma belíssima mesquita localizada na Muscat Street, no “distrito Árabe”, em Singapura. A mesquita fica em frente a um calçadão cheio de lojas, cafés e restaurantes.

A mesquita, cuja construção remonta a 1824, foi idealizada pelo Sultão Hussain Shah e passou por várias evoluções/ampliações até a presente data.

Os não-muçulmanos também podem visita-la nos seguintes horários:

  • Sábados a Quintas-Feiras: 10-12hs e 14 a 16hs
  • Sextas-Feiras: 14:30hs a 16hs.

Para saber mais, leia aqui.

  • #DicadoClasseTurista: Ao lado da mesquita do Sultão, há o Malay Heritage Centre, o Centro Cultural Malaio, que era o antigo palácio do Sultão Hussain Shah.

10. Memories at Old Ford Factory

Memories at Old Ford Factory
Memories at Old Ford Factory

É um museu construído num edifício onde foi assinada a rendição dos Britânicos para os Japoneses na Segunda-Guerra Mundial (1942). No local, havia anteriormente uma planta de montagem de veículos, que foi a primeira do sudeste asiático (1941).

A rendição marcou o início da ocupação japonesa da ilha, que foi uma das épocas mais tristes da história de Singapura.

O museu exibe fotos e objetos desta época, apresentando os eventos que levaram à rendição britânica e a vida durante o período de ocupação (44 meses), destacando o tratamento conferido aos prisioneiros de guerra.

Os visitantes podem assistir documentários sobre a época e ver a mesa onde foi assinada a rendição.

Se você gosta de história, e a história de Singapura é uma das mais fascinantes, não deixe de visitar este museu.Para chegar lá, sugiro pegar um Taxi ou Uber, pois o local está distante da estação de metrô mais próxima.

Pode pegar, também, os ônibus com destino à Upper Bukit Timah Road (SMRT: 67, 75, 171, 173, 178, 184, 961 / SBS: 170). A entrada custa 3 dólares de Cingapura (SGD).

Espero que essas dicas sejam úteis! Boa viagem à Singapura!

Author

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Write A Comment

Pin It