Ankara é a capital da República da Turquia desde a queda do Império Otomano, quando sucedeu Istambul. Com mais de 4,5 milhões de habitantes, Ankara é a segunda maior cidade da Turquia e um importante centro comercial e industrial. Para os turistas, a cidade oferece diversos sítios arqueológicos, monumentos, museus e mesquitas.

Ankara foi a nossa última parada na viagem Grécia-Turquia. Não esperávamos muita coisa da cidade, mas visitamos alguns lugares muito interessantes! A cidade é moderna com monumentos e construções imponentes. Em boa parte, é limpa e arrumada. Vale a pena ficar 2 ou 3 dias por lá.

Confira nossos relatos!

Como chegar a Ankara?

Ônibus da Capadócia para Ankara, Turquia
Ônibus da Capadócia para Ankara

Pegamos um ônibus da Capadocia (partindo da cidade de Ürgüp, com conexão em Nevṣehir) para Ankara, a capital da Turquia. O ônibus era confortável, com wifi e TV (em turco, é claro!). Compramos a passagem por  40 TL e o trajeto demorou 4 horas.

Descemos no Terminal Rodoviário (Aṣti) e pegamos um metro para o nosso hotel.

Ônibus da Capadócia para Ankara, Turquia
Interior do ônibus da Capadócia para Ankara

De Avião

Para o aeroporto de Ankara (ESB), há voos disponíveis a partir dos principais aeroportos europeus: Londres (LTN), Paris (CDG), Frankfurt (FRA), Roma (FCO) e Kiev (IEV e KBP).  Além disso, há voos de outras localidades da Turquia, como Istambul, Izmir e Antalya. Do Brasil, também é possível seguir para Ankara fazendo conexão em Doha, com a Qatar Airways.

De Trem

Há ligações ferroviárias entre diversas cidades da Turquia e a estação de trem localizada na Praça de Kizilay, em Ankara. Trens de alta velocidade estão disponíveis de/para Istambul, Konya e Eskisehir.

Onde ficar em Ankara?

Região de Ulus, Ankara, Turquia
Região de Ulus, Ankara

A região de Ulus, onde ficamos, lembra um pouco a 25 de março e a região central de São Paulo/SP, com muitas lojas e restaurantes populares.

Apesar de ficarmos numa região não tão bonita da cidade, o Hotel Radisson (um pouco inferior para os padrões da rede), estava ao lado de uma estação do metro (Estação Ulus), o que facilitou o deslocamento para o Shopping AnkaMall. Além disso, o Anatolia Civilizations Museum e o Castelo de Ankara também ficam em Ulus.

Ankamall, Ankara, Turquia
Ankamall, Ankara

Anitkabir

Mausoléu de Atatürk, Ankara, Turquia
Mausoléu de Atatürk, Ankara

No primeiro dia, visitamos Anitkabir, a região onde está localizado o Mausoléu de Mustafá Kemal Atatürk, um grande líder visionário, considerado pai da Turquia moderna (leia abaixo).

Quanta imponência! Tudo extremamente grandioso e bem cuidado. Você tem 2 entradas para o complexo de Anitkabir, sendo ambas ladeadas por muitas árvores e flores. A entrada principal fica a 350 m da estação de metro Tandogan.

Anitkabir, Ankara, Turquia
Anitkabir

A entrada é gratuita tanto no museu, quanto no mausoléu.

Vista a partir do Mausoléu de Atatürk, Ankara, Turquia
Vista a partir do Mausoléu de Atatürk

No complexo, você também encontra o Túmulo de Ataturk e um museu extremamente interessante. Atatürk faleceu em 1938 e seu corpo foi embalsamado e aguardou por vários anos até construção do Mausoléu. Em 1953, seu corpo foi trazido para Ankara, e enterrado com as devidas homenagens.

Corredores do Mausoléu de Atatürk, Ankara, Turquia
Corredores do Mausoléu de Atatürk

Ataturk & Liberty War Museum

Artigos Pessoais de Atatürk, Ankara, Turquia
Artigos Pessoais de Atatürk

No lado direito do Mausoléu, encontra-se a entrada do Atatürk & Liberty War Museum.  A primeira sala tem uma coleção de itens pertencentes a Atatürk, a seguinte, os presentes por ele recebidos de diversas autoridades estrangeiras.

Painel no Museu, Atatürk & Liberty War Museum, Ankara, Turquia
Painel no Atatürk & Liberty War Museum

Finalmente, entramos na maior e mais interessante parte do museu. Por lá, encontram-se pinturas, documentos, exposições e painéis sobre a Guerra da Independência e sobre o Governo de Atatürk. Nesses painéis, também são apresentadas as principais reformas adotadas por Atatürk.

Gastamos aproximadamente 2 horas no museu uma vez que as exibições são fascinantes.

Quem foi Mustafá Kemal Atatürk?

Quadro de Ataturk no Atatürk & Liberty War Museum, Ankara, Turquia
Quadro de Ataturk no Atatürk & Liberty War Museum

Mustafá Kemal Atatürk é considerado o fundador da Turquia Moderna.  Ele é um dos líderes que mais tenho admiração e que poderia inspirar muitos de nossos governantes.

Mustafá Kemal foi um militar do exército otomano que lutou na 1ª. Guerra Mundial. Na guerra, o Império Otomano se aliou à Alemanha contra a Tríplice Entente, formada pela Rússia, França e Reino Unido.  O Império Otomano era um gigantesco império que abrangia diversos continentes e era dirigido por um Sultão em Constantinopla (atual Istambul), mas na época da Guerra, já dava sinais de desintegração.

Após perder a Guerra, parte da região da atual Turquia, incluindo Constantinopla, foi ocupada pelas potências europeias. Mustafá, a partir da região central da Anatólia, criou o Movimento Nacional Turco e liderou a Guerra de Independência da Turquia, acabando com os planos de partilha do seu território (da Turquia e não do restante do Império Otomano).

O Sultanato foi extinto e fundada a República da Turquia, com capital em Ankara, tendo Mustafá Kemal como o seu primeiro Presidente.

As reformas de Atatürk

Durante o seu Governo, foram empreendidas diversas reformas no sentido da secularização e ocidentalização do país, ou seja, da separação entre a Religião e o Estado. Foram tantas as reformas que vou citar apenas algumas.

Houve uma reforma linguística, com a adoção de um novo alfabeto, que facilitou a escrita e a leitura das palavras em turco. Até então, era usado o alfabeto árabe, que não era adequado.

Réplica do Escritório de Atatürk, Atatürk & Liberty War Museum, Ankara, Turquia
Réplica do Escritório de Atatürk

Também foram feitas reformas no sistema judicial, extirpando a influência da religião no Direito; no vestuário, as mulheres não necessitavam utilizar o véu islâmico; na equalização de direitos entre homens e mulheres; no calendário; no sistema métrico, dentre outras. Todo cidadão passou a ter sobrenomes, o que não acontecia durante o período otomano.

Atatürk, o pai dos turcos

Em 1934, a Grande Assembleia Nacional aprovou uma lei atribuindo-lhe o sobrenome Atatürk, que significa pai dos turcos, como forma de expressar a gratidão da nação em relação ao seu fundador.

Frase de Atatürk, Atatürk & Liberty War Museum, Ankara, Turquia
“Ciência e tecnologia são os guias mais confiáveis para tudo no mundo, para a civilização, para a vida e para o sucesso” (Atatürk)

Atatürk morreu em 1938 e sua ideologia, o Kemalismo, passou a inspirar futuras gerações de turcos, inclusive aqueles que participaram do recente movimento de 2013 na Praça Taksim, em Istambul: “Somos todos filhos de Atatürk”, diziam os manifestantes.

Anatolia Civilizations Museum

Anatolia Civilizations Museum, Ankara, Turquia
Anatolia Civilizations Museum

No segundo dia em Ankara, visitamos o Anatolia Civilizations Museum. O Museu fica num ponto mais alto da cidade, por isso, embora tenhamos ido a pé, sugiro que pegue um taxi!

  • Para quem não sabe, Anatólia é essa península na Ásia Menor que compõe a maior parte do território da atual Turquia e onde fica Ankara.
Atatolia Civilizations Museum, Ankara, Turquia
Atatolia Civilizations Museum

A entrada custou 15 TL. O Museu é muito bem cuidado e organizado. Está dividido em sessões cronológicas, iniciando-se com o Período Paleolítico. Existem muitas peças de cada período da história e todas muito bem conservadas. Se você quiser conhecer sobre Pré-História, este é o lugar!

Atatolia Civilizations Museum, Ankara, Turquia
Atatolia Civilizations Museum

Vale a pena gastar de 2 a 3 horas no museu. Nossa dica é evitar as excursões! Vimos algumas passando pelo museu em apenas 20 ou 30 minutos, ou seja, sem ver quase nada.

Atatolia Civilizations Museum, Ankara, Turquia
Atatolia Civilizations Museum

Castelo de Ankara (Citadela)

Entrada do Castelo de Ankara, Turquia
Entrada do Castelo de Ankara

Saindo do museu, subindo mais uns 500 metros você encontrará a entrada para o Castelo de Ankara. A entrada é gratuita.

Castelo de Ankara, Turquia
Castelo de Ankara

A data de construção do Castelo é desconhecida. Existem no complexo muitas casas construídas em diferentes períodos da história e hoje são ocupadas por lojas de souvenirs e restaurantes.

Castelo de Ankara, Turquia
Castelo de Ankara

Você consegue ter acesso aos muros do castelo que o presenteiam com uma bela vista da cidade. Apesar de haver um centro de informações turísticas no local, ninguém falava inglês. Embora procurassem ser extremamente prestativos, era melhor tirar as dúvidas no próprio hotel!

Vista de Ankara a partir do Castelo de Ankara, Turquia
Vista de Ankara a partir do Castelo

Rua Çıkrıkçılar Ykş

rua Çıkrıkçılar Ykş, Ankara, Turquia
Rua Çıkrıkçılar Ykş, Ankara

Descemos a pé até o Hotel. No caminho, passamos pela rua Çıkrıkçılar Ykş, uma rua de comércio que lembra muito a as da região da 25 de março em São Paulo. Vários tipos de artigo, em especial, os tapetes e artigos de vestuário.

Lojas de Vestuário na Rua Çıkrıkçılar Ykş, Ankara, Turquia
Lojas de Vestuário na Rua Çıkrıkçılar Ykş

Hora de arrumar as malas e voltar para casa!

Aeroporto de Ankara

Aeroporto de Ankara (ESB), Turquia
Aeroporto de Ankara (ESB)

No dia seguinte, pegamos um ônibus da empresa Havaṣ (próximo ao nosso hotel em Ulus – atrás do estádio), que parte a cada 30 minutos, para o Aeroporto ESB, que fica na cidade de Esenboğa, nas proximidades de Ankara. O itinerário durou uns 30 minutos e custou 8 TL.

O aeroporto de Ankara também é imponente, seguindo o estilo da cidade. Pegamos o voo pela Qatar Airways para o Brasil, com conexão em Doha.

Esse foi o final de um dos melhores roteiros que já fizemos. Começamos em Atenas, na Grécia, e visitamos a Ilha de Santorini. Seguimos, então, para Izmir, na Turquia, onde visitamos Éfeso e Pamukkale; conhecemos a Capadócia,  passeando inclusive de Balão; e terminamos a viagem aqui em Ankara.

Até a próxima viagem!

Aeroporto de Ankara (Esenboga), Turquia
Aeroporto de Ankara (Esenboga)

Apaixonado por viagens e por fotografia. Começou a descobrir o mundo há 10 anos e já visitou 71 países. Gosta de caminhar a esmo pelas cidades mundo afora, observando as pessoas, as comidas, as construções e a arquitetura. É formado em Engenharia e Direito.

Escreva seu Comentário

Pin It