Santarém é uma das cidades mais antigas da região Amazônica e a terceira cidade mais populosa do estado do Pará. É onde as belíssimas águas verde-esmeralda do Rio Tapajós encontram-se  com o  barrento Rio Amazonas.

Conhecida como a Pérola do Tapajós, Santarém também é a porta de entrada para o Caribe Brasileiro, Alter do Chão, onde você encontra as mais bonitas praias de rio deste mundo.

Algumas pessoas preferem ir direto a Alter do Chão, porém, será que vale a pena fazer uma parada em Santarém? Quais são as principais atrações de Santarém?

O Município de Santarém, no Pará, é territorialmente muito amplo, abrangendo vários vilarejos, como Alter do Chão, e outras comunidades. Neste post, sempre que fizermos referência a Santarém, estamos falando apenas da região central do município.

Como chegar a Santarém?

Aeroporto de Santarém (STM), Pará
Aeroporto Maestro Wilson Fonseca: o meio mais conveniente para chegar a Santarém

É possível chegar a Santarém de carro, de barco ou de avião. O trajeto de carro a partir de Cuiabá dura em torno de 25 horas pela BR-163 (São 1.770 km). De Belém, o trajeto dura 23 horas pela BR-230, cruzando alguns trechos de balsa. De Manaus, é necessário fazer uma enorme volta, fazendo com que a viagem dure 32 horas, pegando a BR-319 até Humaitá/AM e depois a BR-230 até Rurorópolis e depois a BR-163 até Santarém.

  • Ao viajar de carro pela região amazônia, é muito importante que você verifique as situação das rodovias e planeje os pontos de abastecimento e parada. Para saber as condições das estradas, você pode consultá-las no site do DNIT.

De Barco, há várias embarcações que fazem o trajeto Manaus – Santarém, tais como, o Ana Beatriz IV, o Ana Caroline II e o São Bartolomeu IV. O trajeto dura em torno de 38 horas na época de seca. O passagem custa R$ 180 por pessoa na rede. A cabine privativa para duas pessoas custa R$ 1.000,00. As cabines contam com beliche e ar condicionado. As refeições são vendidas a bordo por R$ 15.

  • Para mais informações sobre os barcos para Santarém, ligue para a Agência Cooapfopa (93) 99150-1915.

O jeito mais conveniente de ir para Santarém é de avião. Você pousará no Aeroporto Internacional Maestro Wilson Fonseca (STM), que fica a 15 km do centro. Existem voos direto apenas de Belém (BEL), Manaus (MAO) e Brasília (BSB). A partir de São Paulo ou do Rio de Janeiro, é necessário fazer uma conexão em uma destas cidades. A Gol, a Azul e a Latam operam no aeroporto de Santarém.

O que fazer em Santarém em 1 dia?

As principais atrações de Santarém podem ser visitadas em apenas 1 dia inteiro.

1. Mercado 2000

Feijão Manteguinha, Mercado 2000, Santarém, Pará
Feijão Manteguinha, Mercado 2000

O Mercado 2000 é considerado um “mini ver-o-peso” (em analogia ao famoso mercado de Belém). Inaugurado em 1985, possui 385 boxes que vendem um pouco de tudo: peixes frescos, frutas regionais, ervas e o famoso feijão manteiguinha, que é realmente uma delícia.

Procure visitar o local pela manhã, quando o movimento é intenso e todas as barracas estão abertas. Há quem recomende visitá-lo apenas no final da viagem pois afirmam que o turista irá se encantar com os temperos típicos da região e, com certeza irá querer levá-los para casa!

Além de ser uma atração turística, é também  o principal centro de abastecimento do baixo Amazonas.

2. Feira do Pescado

Localizado na frente do Mercadão 2000 essa feira, inaugurada em 2010, logo se tornou atração turística. Além de reunir os mais diversos tipos de peixes frescos da região, como tambaqui, pirarucu e filhote, entre outros, nas épocas de cheia, de janeiro a julho, é possível observar alguns botos no rio atrás da feira.

Esses encantadores animais acostumaram-se com a fartura de peixes jogados pelos comerciantes e sempre dão uma passadinha por lá! Vale a pena apreciar esse espetáculo gratuito.

3. Catedral de Nossa Senhora da Conceição

Catedral Nossa Senhora da Conceição, Santarém, Pará
Catedral Nossa Senhora da Conceição, Santarém

Localizada em frente à Praça da Matriz, essa singela catedral, de paredes azuis e detalhes brancos, começou a ser construída em 1761. É um dos prédios mais antigos da região. Já sofreu várias reformas, sendo a última em 2018 quando ganhou uma cruz iluminada no teto, cuja cor varia dependendo das atividades religiosas. O interior da Catedral é bem simples, com algumas poucas imagens e alguns vitrais.

4. Museu de Arte Sacra

Localizado ao lado da Catedral, em uma construção do século XIX, estava fechado durante a nossa visita. Ele funciona apenas de terça a sábado das 8h às 11h30.

“O Museu possui um dos acervos mais diversificados da Região Norte. São imagens sacras, objetos de culto, documentos, indumentárias, pinturas, além de um bom acervo fotográfico que nos remetem ao passado da Igreja Católica e do município de Santarém” (fonte: Guia de Artes)

5. Praça Mirante do Tapajós

Vista do Mirante do Tapajós, Praça Mirante do Tapajós, Santarém
Vista do Mirante do Tapajós

A Praça Mirante do Tapajós é um ponto de encontro de moradores e turistas, ficando bastante movimentada à noite. Durante o dia, estava bem vazia. Possui alguns quiosques que também estavam fechados.

Apesar de estar um pouco descuidada, vale a visita pois tem um mirante no qual é possível ter uma bela vista do Rio Amazonas e do Rio Tapajós, sendo, inclusive possível diferenciá-los pela cor.

6. Centro Cultural João Fona

Antiga Sala do Tribunal do Juri, Centro Cultural João Fona, Santarém
Antiga Sala do Tribunal do Juri, Centro Cultural João Fona

A construção que abriga o museu foi erguida em 1856. Por lá, já funcionou um Tribunal do Juri, uma Cadeia Pública e uma Intendência Municipal.

O centro cultural  é bastante simples. Um guia vai explicar para você o pequeno acervo. Na sala principal estão dispostas as fotos de todos os prefeitos da cidade. À direita está o Museu de Arte Tapajônica que exibe algumas urnas mortuárias, estatuetas e utensílios.

O local conta ainda com um gabinete do prefeito (segundo o guia, o atual prefeito ainda despacha de lá), uma sala de leitura e uma outra para exposições temporárias (durante nossa visita apreciamos a exposição navegando pelo Amazonas).

Você também poderá ver os ossos de uma baleia de 5,5 m e um peso aprox. de 5 toneladas que encalhou em 2007 no Rio Tapajos. Apesar de ter sido devolvida ao rio, alguns dias depois foi encontrada morta devido a hemorragia interna, provavelmente por choque com um barco ou com as pedras. O tour ao museu finaliza em uma belíssima sala onde funcionava um Tribunal do Juri e também uma Câmara dos Vereadores.

Você não paga para entrar no museu e nem pelo guia, entretanto, doações são bem-vindas! Funcionamento de segunda a sexta das 7h30 às 17h.

7. Museu Dica Frazão

Criado em 1999, esse museu expõe as belíssimas  criações de Dica Frazão. Artesã conhecida internacionalmente por transformar os elementos da natureza em alta costura, já presenteou figuras importantes como o Papa João Paulo II e a Rainha Fabíola da Bélgica com as suas criações. O Museu está abrigado em sua casa e possui mais de 150 peças catalogadas.

8. Centro de Artesanato Cristo-Rei

O Centro de artesanato é um dos melhores locais para se comprar lembranças em Santarém. Apesar de compacto, conta com apenas 12 lojas, beneficiou mais de 600 artesão locais que podem expor e vender sua arte para os turistas.

9. Orla de Santarém

Orla de Santarém, Pará
Orla de Santarém

É da Orla de Santarém que partem os passeios para conhecer o encontro entre o Rio Amazonas e o Rio Tapajós. Geralmente o encontro entre eles se dá bem nesse pier. Entretanto, se você quiser chegar pertinho, pode pegar um barco nesse local.

10. Bosque Santa Lucia

O Bosque Santa Lúcia fica localizado às margens da BR 163, a 18 km do centro de Santarém. Considerado um santuário ecológico, possui mais de 200 espécies de plantas e muitos insetos insetos.

Essa propriedade particular nos presenteia com uma pequena amostra do ecossistema da Amazônia, e, por isso, faz parte do roteiro dos navios de turismo que aportam na região. A entrada é gratuita mas recomenda-se a contratação de um guia para entender toda a riqueza da fauna e flora local.

11. Praias de Santarém

Rio Tapajós, Vista do Terminal Fluvial Turístico, Santarém
Rio Tapajós, Vista do Terminal Fluvial Turístico

As praias de água doce de Santarém merecem um post a parte. O vilarejo mais conhecido é Alter do Chão, mas, são inúmeras praias de rio, com areia branquinha, ao longo do Tapajós. As mais próximas do centro de Santarém são Maracanã e Pajuçara. Independente da praia visitada, todas são deliciosas.

12. Restaurante Piracema

Pirarucu Defumado, Restaurante Piracema, Santarém, Pará
Pirarucu Defumado, Restaurante Piracema

Considerado o melhor restaurante de Santarém pelo TripAdvisor, vale mesmo uma visita. É um restaurante simples com preços acessíveis (média de R$ 90,00 um prato pra duas pessoas).

O Pirarucu defumado é uma delícia! Nunca tinha sentido o cheiro e o sabor do defumado de maneira tão intensa. Isso ocorre pois o processo de defumação é realizado no local! As sobremesas também são muito saborosas. Abusam das frutas locais para deleitar o nosso paladar.

Vale a pena visitar Santarém?

Primeiramente, gerencie suas expectativas! Caso você chegue a Santarém no início da tarde, acho que vale a pena almoçar no Restaurante Piracema e fazer um rápido city tour de umas 2 horas antes de ir para sua pousada em Alter do Chão. Apesar de ser tudo muito simples, você estará prestigiando a cultura local.

Caso você não tenha um dia inteiro livre para visitar a Floresta Nacional do Tapajos (Flona), também acho que vale a pena passar pela cidade rapidamente e conhecer o Bosque Santa Lúcia.

Entretanto, caso seu objetivo seja conhecer museus bem estruturados, casarões restaurados ou uma igreja matriz rica em detalhes, Santarém deixa um pouco a desejar. De qualquer forma, recomendo ficar, no máximo, 1 dia no centro de Santarém e logo seguir para Alter do Chão.

Blogagem Coletiva

Este post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo Viagens por Escrito. Não deixe de conferir estes outros posts incríveis.

14 comentários sobre “O que fazer em Santarém? 12 atrações para visitar em 1 dia

  1. Assim como você, acho sempre válido conhecer nem que seja um pouquinho os lugares por onde passamos. Seu post sobre o que fazer em Santarém mostra bem isso.

    1. Verdade Barbara! Nem sempre sao os lugares mais lindos e surpreendentes, mas fazem parte da história e cultura local! Sempre é valido! 😘😘

  2. Acho que são tantas atrações para se fazer em Santarém, que não conseguiria fazer tudo em um só dia. Mas adorei saber mais sobre a cidade. Espero um dia conhecer.

    1. Cecilia, Alter do Chao é imperdível! Esse tem que ir com certeza… Santarem faz parte do.pacote rs! 🤭

  3. Nossa Lu! Eu já tinha ouvido falar de Santarém mas não tinha ideia de todas estas atrações! E se der para fazer tudo em um dia só, já valeu a passagem. Fiquei apaixonada pelo centro cultural! Já quero!

    1. Pam, é super rápido conhecer as atracoes de Santarém… mas o must go são as praias de rio! Imperdíveis!

    1. Dani, vá sim! Ja adorava Belém, agora amo Alter do Chao também… o Pará é muito interessante, além de ter uma culinária divina!

  4. Vou em setembro ! Alguém sabe hotel, histeria mais baratos em alter do chão ? Os que achei são mais caros que a passagem de avião até Santarém , sou de Rondônia

  5. Oi Luciana, você acha necessário alugar um carro para conhecer os pontos turísticos de Santarém? Obrigado pelas dicas!

    1. Ola Naoki, tudo bem? Para fazer a maior parte dos pontos turísticos, não é imprescindível alugar um carro. Você vai andar, no total, uns 5km. Caso pegue um taxi no aeroporto e ele o deixe para almoçar no Restaurante Piracema, sugiro o seguinte roteiro: Restaurante Piracema – Centro Cultural Fona (600m) – Museu Dica Frasão(500m)- Mirante do Tapajós (200m de subida) – centro cultural Cristo Rei (800 m) – Catedral Metropolitana (350m). Da catedral, siga pela orla até o Mercadão 2000 e Feira do Pescado por 1,7km. Esse é o trecho mais longo. Ficam de fora desse roteiro as praias e o Bosque Santa Lucia, por serem mais distantes. Lembre-se apenas do calor que faz por lá!
      Qualquer outra duvida, fique à vontade para perguntar
      Obs: as distâncias entre () referem-se à distancia entre o ponto anterior e o seguinte. Ex Museu Dica Frasao até o Mirante do Tapajos são 200m 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

>>