Santiago é um destino turístico para todas as idades. Além de agradar os adultos, a capital do Chile possui atrações que podem ser visitadas com crianças em qualquer época do ano.

Em Santiago, as crianças vão se divertir nos espaços verdes bem cuidados, como no Parque Metropolitano, no Parque Bicentenário, no Parque das Esculturas e no Parque Quinta Normal. Também vão se entreter nos parques Fantasilandia e a Kidzania. Além disso, os pequenos vão se encantar com o Museu Interativo Mirador e com o Museu Artequín.

A seguir, você conhece mais sobre cada uma dessas atrações.

1. Parque Metropolitano

Vista de Santiago do Chile a partir do Parque Metropolitano
Vista de Santiago do Chile a partir do Parque Metropolitano

Considerado um dos maiores parques urbanos do mundo, com 772 hectares, o Parque Metropolitano de Santiago abriga vários pontos turísticos como o Cerro San Cristóbal e o Zoológico Nacional. Esse amplo espaço verde possui áreas para churrasco, piqueniques, pista para bicicletas e até 2 piscinas. No parque, também estão localizados o jardim Botânico, o Jardim Japonês e o Anfiteatro Mirador Pablo Neruda. Ou seja, são atrações para um dia inteiro de diversão.

O Cerro San Cristóbal é famoso pela vista da cidade e pela imagem da Virgem de La Inmaculada Concepción, o que pode não ser tão atrativo para as crianças. Mas, a diversão já começa no trajeto para chegar até o topo! As crianças adoram subir de funicular e descer de teleférico (ou vice versa).

Estátua da Imaculada Conceição, Cerro San Cristóbal, Santiago, Chile
Estátua da Imaculada Conceição, Cerro San Cristóbal

De funicular, você sobe a partir da estação Pio Nono, que fica na Rua Pio Nono, no bairro Bela Vista. O ingresso custa 1.500 CLP (R$ 10) para adultos até a estação Cumbre (topo do morro). No meio do trajeto, você encontra o Zoológico de Santiago. Para ir apenas até o Zoológico, o preço é de 800 CLP.  Para mais informações sobre tarifas e horários, clique aqui.

De teleférico, o trajeto é feito a partir da Estação Oasis, no Parque Metropolitano de Santiago. Para chegar até lá, desça Pedro de Valdívia do Metrô (Linha 1) e procurar a Avenida Pedro de Valdívia. Caminhe por 15 minutos pela avenida até chegar à entrada do Parque Metropolitano, onde você encontrará a estação Oasis do teleférico. Se você estiver na região do Costanera Center, basta caminhar de 10 a 15 minutos pela Av. El Cerro até a entrada do Parque Metropolitano.

O trajeto do teleférico contempla três estações: a Estação Oasis (parte mais baixa do teleférico), a Estação Tupahue (estação intermediária) e a Estação Cumbre (dá acesso ao Cerro San Cristóbal). Há tickets combinados entre Teleférico e Funicular.

O Zoológico Nacional do Chile, embora seja pequeno e lotado aos finais de semana, vale a pena ser visitado pois a criança terá a oportunidade de encontrar animais que não vemos no Brasil como, por exemplo, o urso polar, cangurus e os divertidíssimos suricatos. Ressalto que não visitei o zoológico, pois sou cada vez mais contra animais encarcerados!

2. Parque Bicentenário

Parque Bicentenário, Santiago, Chile
Parque Bicentenário

Inaugurado em 2010, o Parque Bicentenário é um amplo espaço verde na cidade. Também é um programa que agrada adultos e crianças. Trata-se de um parque moderno, com uma área verde imensa e diversos parquinhos espalhados por todo ele. Esqueça o conceito antiquado de playground. No parque Bicentenário as crianças podem divertir-se em modernos pula-pulas, casas na árvore, trepa-trepa futuristas e fontes de água.

Encontramos até um espaço dedicado a crianças com necessidades especiais. Vários carrinhos de sorvete e outras guloseimas também estão disponíveis. Para descansar de tanta algazarra, você pode observar o Lago das Aves. Você encontrará belíssimos flamingos e cisnes. Caso queira alimentá-los, existem máquinas que vendem uma ração especial para isso.

Ao longo do ano podem ocorrer eventos especiais, como feiras gastronômicas e shows gratuitos. Procure  informar-se com antecedência

Muitas pessoas recomendam associar o passeio a um almoço no delicioso Restaurante Mestizo, porém, é necessário reserva!

O parque tem acesso gratuito. Fica localizado na Avenida Bicentenário, 3800, Vitacura. Para chegar lá sugiro que vá de taxi ou transporte por aplicativo. A estação mais próxima é a Tobalaba que fica há uns 2 km do parque.

3. Parque de las Esculturas

Parque de las Esculturas, Santiago, Chile
Parque de las Esculturas (créditos: Federico Valido/Flickr CC BY-NC-ND 2.0)

O Parque de las Esculturas é um museu ao ar livre, situado às margens do Rio Mapocho, no bairro Providência, que conta com diversas esculturas de artistas chilenos e de outros países. Em 1982, o Rio Mapocho inundou 70% de Santiago e a área onde atualmente se encontra o parque foi uma das mais afetadas. Comovidos com a tragédia, um grupo de artistas se reuniu e teve a ideia inédita de construir esse museu ao ar livre que, com certeza, merece a sua visita.

É um local bem interessante para um piquenique tranquilo em família ou apenas para passear de bicicleta.

Parque de las Esculturas, Santiago, Chile
Parque de las Esculturas (créditos: Guillermo Salinas/Flickr CC BY-NC-ND 2.0)

O parque fica na Avenida Santa Maria, 2205 – Providência e está aberto todos os dias das 10h às 19h. A entrada é gratuita. Entretanto, fique atento pois, caso esteja ocorrendo algum evento, a entrada pode ser cobrada.

Para chegar lá, desça na Estação Pedro de Valdivia e pegue a Av. Pedro de Valdívia em direção ao Parque Metropolitano. Após cruzar o Rio Mapocho, o Parque de las Esculturas fica à direita. Outra opção é descer na estação Los Leones e pegar a Av. Nueva de León, também em direção ao Rio Mapocho.

O parque também fica próximo ao edifício Sky Costanera e a uma das entradas do Parque Metropolitano.

4. Parque Forestal

Parque Forestal, Santiago, Chile
Parque Forestal (créditos: Pavaretto/CC BY-SA 3.0)

O Parque Forestal é mais um espaço verde na cidade, com 172 mil m2, em que as crianças podem brincar nos playgrounds muito bem conservados e coloridos ou mesmo passear de bicicleta. Fica na região da Lastarria, bem próximo da área central.  É um parque bem arborizado, com várias áreas de descanso e muito frequentado pelos chilenos. Inclusive, foi lá que se iniciou o romance entre Pablo Neruda e sua amada Matilde Urrutia.

O parque  costuma ficar bem cheio aos finais de semana, quando os moradores também saem para passear. Porém é nesses dias que você encontrará várias atividades gratuitas para as crianças, como palhaços e teatros infantis (nas proximidades do Museu de Bellas Artes)

  • Curiosidade: As diversa casinhas de madeira espalhadas pelo parque são para abrigar os cachorros de rua que são muito frequentes na capital Chilena.

O parque é um espaço aberto e portanto não tem ingresso e nem horário de funcionamento. O acesso de metro é muito fácil. Basta descer na estação Universidad Católica ou na estação Bellas Artes. Vale ressaltar que o parque é muito próximo ao centro histórico de Santiago. Começa nas proximidades do Mercado Central e se estende até o Bairro Providência, então vai ser muito fácil passar por ele nas suas andanças pela cidade.

5. Parque Quinta Normal

Parque Quinta Normal, Santiago, Chile
Parque Quinta Normal

Construído em 1841, o Parque Quinta Normal é um dos primeiros parques de Santiago, o que explica as árvores centenárias de troncos gigantescos! Em seus 36 hectares você encontrará jardins bem cuidados, playground, um lago com pedalinhos que as crianças adoram e até uma piscina municipal. Nesse parque também estão 5 museus sendo que o Artequín e o Ferroviário podem interessar às crianças.

Lago no Parque Quinta Normal, Santiago, Chile
Lago no Parque Quinta Normal

Para chegar ao parque basta descer na estação Quinta do Normal. A estação está ao lado da entrada. O parque está aberto de terça a domingo, das 9hs às 18hs.

6. Museu Ferroviário

Museu Ferroviário, Santiago, Chile
Museu Ferroviário (créditos: Alobos life/Flickr CC BY-NC-ND 2.0)

O Museu Ferroviário é um museu a céu aberto localizado no Parque Quinta do Normal. No local estão expostas 16 locomotivas com 4 vagões de passageiros. Você pode fazer um tour guiado ou, caso prefira, todas as peças expostas tem informações em espanhol e inglês. A visita é rápida, embora tenha que caminhar bastante!

O museu está aberto de terça a sexta, das 10hs às 17h30, finais de semana a partir das 11hs. O ingresso custa 700 pesos para crianças e estudantes. Adultos pagam 1.000 pesos e idosos, tem direito a pagar meia-entrada.

7. Museu Artequín

Museo Artequín, Santiago, Chile
Museo Artequín (créditos: Municipalidad de Santiago/Flickr)

Para começar o prédio do Museu Artequín é lindo e super colorido! Foi construído em 1889 na França para representar o Chile em Paris. Foi desmontado, trazido para Valparaíso e depois para Santiago onde foi remontado. O museu conta com uma coleção de reproduções de alta qualidade das principais artes ocidentais cujo o público alvo são as crianças. O museu também possui várias atividades para entreter os pequenos como, por exemplo, atividades de desenho, pintura e até reciclagem.

Localizado na Avenida Portales, 3530, fica bem próximo ao Parque Quinta Normal, na frente do cruzamento entre as Avenidas Palmeras e Portales. A estação de metrô mais próxima é a Quinta Normal. De lá você deverá caminhar uns 10 minutos pela Av. Matucana e Portales.

O museu funciona de terça a sexta das 9h às 17h e finais de semana e feriados das 11h às 18h. O ingresso custa 2.000 pesos para adultos. Crianças, estudantes e idosos pagam meia-entrada. Aos domingos é gratuito (você contribui com quanto quiser). Para mais informações, clique aqui.

8. Museu Interativo Mirador

Museo Interactivo Mirador, Santiago, Chile
Museo Interactivo Mirador (créditos: Cristián Arriagada/Flickr CC BY-NC-ND 2.0)>

O Museu Interativo Mirador é um museu onde a criança aprende ciência brincando. O prédio tem 7.000 m2 de muitas atividades interativas, onde é possível tocar, mexer e brincar com quase tudo. Assemelha-se muito ao Museu Catavento de São Paulo. São diversas atrações para todas as idades, inclusive com uma área específica para os menorzinhos. As simulações de terremotos e tsunamis são imperdíveis.

É possível passar o dia inteiro aprendendo e se divertindo. Reserve tempo para isso! É um dos lugares mais incríveis para crianças.

O museu fica na Avenida Punta Arenas, 6711, bairro La Granja, ou seja, é um pouco distante. Sugerimos que vá de taxi ou com transporte por aplicativo. É possível ir de metro mas terá que fazer baldeação e ainda assim pegar um taxi na estação Mirador.

O local funciona de terça a domingo das 9:30 às 18:30hs. O ingresso custa 2.700 pesos para crianças até 12 anos, estudantes e idosos. Adultos pagam 3.900 pesos. Para mais informações, clique aqui.

9. Kidzania Parque Arauco

O Kidzania Parque Arauco é uma cidade em escala infantil, interativa, recomendada para crianças entre 4 e 14 anos. Em um espaço de 7 mil m2 as criança diverte-se exercendo mais de 80 profissões diferentes. As crianças assumem funções de bombeiro, médico e policial entre outras. Também estão disponíveis oficinas de chocolate, sorvetes, academia de dança e arte. Com certeza alguma das atividades interessará seus filhos.

Os pais podem participar com expectadores em algumas atividades como boutique da moda, tribunal e estudo de magia. Em outras, como na padaria, farmácia e correios, ou pais podem participar. Além disso, existe uma sala em que podem ficar assistindo documentários ou tomar um café na lanchonete

Pelo trabalho realizado os pequenos recebem os kidzos (dinheiro fictício do parque). Essa é uma forma de ensinar um pouco sobre a gestão do dinheiro também. Os kidzos recebido podem ser trocados por souvenirs, bens e serviços no parque, ser guardardos no banco para a próxima visita ou ainda pagar impostos e fazer doações. Importante reservar com antecedência!

Os ingressos são válidos para dias e horários pré-estabelecidos e variam com a idade. Crianças com 2 ou 3 anos e idosos (maiores 60 anos) pagam 7.950 pesos. Crianças entre 4 e 17 anos,  17.950 pesos e os adultos 11.950 pesos. Algumas atividades tem custo adicional. Para saber mais sobre o Kidzania, clique aqui.

10. Parque Fantasilandia

O Parque Fantasilandia é um parque de diversões que fica dentro do Parque O’Higgins. Possui atrações para todas as idades, desde carrossel para os pequenos até incríveis montanhas russas. O parque é dividido em 3 zonas: área infantil; área da família e a área com os brinquedos mais radicais. Cada atração tem uma altura mínima requerida! Espalhado pelo parque tem vários pontos de alimentação

O parque fica na Avenida Beaucheff, no Parque O´Higgins. Para chegar lá, você deve descer na estação O Higgins e pegar a saída leste, em direção ao Parque, onde encontrará a bilheteria. Os ingressos também podem ser comprados antecipadamente online. Para saber mais, clique aqui.

11. Farellones

Tirolesa no Parque Farellones, Santiago, Chile
Tirolesa no Parque Farellones (créditos: Dario Alpern / CC BY-SA 3.0)

O Parque Farellones é uma estação de inverno localizada a 36 km de Santiago. Essa atração só fica aberta durante a temporada de inverno.  Farrellones foi construída para aqueles cujo objetivo principal não é esquiar e sim, brincar na neve.  Além das tradicionais pistas de esqui, com aulas para os iniciantes, o parque possuiu outras atrações.

Você pode se divertir na tradicional tirolesa, fazer um “esquibunda”, descer um morro de 250 metros numa boia (tubing) e até mesmo andar numa bicicleta adaptada para a neve. Se ainda tiver pique, há uma imensa área livre onde você pode deitar e rolar na neve, fazer guerrinha com familiares e até construir seu boneco de neve.

Sugiro que você contrate um tour organizado, pois o caminho possui curvas muito fechadas que se tornam ainda mais perigosos quando está nevando. Não esqueça de comprar/alugar sua roupa de neve. Lembre-se que, para brincar, as roupas não precisam ser apenas quentinhas, mas também impermeáveis.

  • Dica: Não combine Farrellones com outras visitas (p. ex. Valle Nevado). Você perde muito tempo no deslocamento e deixa de aproveitar tudo o que o lugar tem para oferecer.

Em 2020, o ingresso custava 30.000 pesos chilenos por dia.

Resumindo

Santiago é uma capital que possui diversas atrações para adultos e crianças, seja no verão ou no inverno. Não deixe de visitar! Quer saber mais sobre Santiago, elaboramos um guida de viagem com 68 perguntas e respostas sobre a capital do Chile. Confira!


Blogagem coletiva

Este post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo Viagens por Escrito. Não deixe de conferir outros lugares incríveis postados por nossas amigas!


10 comentários sobre “O que fazer em Santiago com crianças? 11 dicas

  1. Adorei sua lista de 11 atrações para visitar com crianças em Santiago. Ainda não fomos ao Chile e meu filho já está crescidinho, mas muitos lugares citados neste post agradam a qualquer idade. Vou guardar suas dicas para quando pudermos visitar o Chile. Obrigada por compartilhar. Beijos

    1. Cecilia, com certeza muitos desses lugares agradam adultos e crianças. Os parques em Santiago, no geral, são fantásticos e devem fazer parte do seu roteiro!

  2. O Parque Forestal é um dos meus preferidos de Santiago, principalmente porque ali pertinho fica a sorveteria Emporio la Rosa onde provei um dos melhores sorvetes da minha vida!!

    1. Dica da sorveteria anotada!!! Vou fazer questão de provar esse sorvete na minha próxima ida a Santiago!

  3. Adorei sua relação de lugares para conhecer com crianças em Santiago! Conheci Farellones e realmente deve ser super divertido com crianças fazer o esquibunda! Já anotei as demais dicas pra próxima viagem!

    1. Adorei as indicações destas 11 atrações Lu! Só conheci alguns e vi que preciso voltar para conhecer os demais! Adoro lugares interativos e fiquei louca para conhecer o museu.

      1. Adoro lugares interativos também… vale a pena uma passadinha rápida, mesmo sem crianças!

    2. Farellones é muito divertido. Quando fui estava um frio horroroso rsrs… quero voltar para aproveitar mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

>>