O mundo é cheio de lugares incrivelmente charmosos, que fariam a alegria de qualquer casal de pombinhos. Por isso, selecionar os destinos mais românticos não foi tarefa fácil.

Com certeza, as lembranças dos lugares que visitamos são moldadas pelas experiências que vivenciamos e isso inclui as companhias, as pessoas com quem cruzamos, as cores, os sons e até os sabores.

Confira a seguir a minha lista! Ah! Não estão por ordem de preferência!

1. Santorini

Oía - Cartão Postal de Santorini
Oía: o Cartão Postal de Santorini

Santorini, na Grécia, é um destino ideal para a sua lua de mel. A arquitetura integra-se tão bem à natureza que o resultado são paisagens simplesmente impressionantes. Muito difícil descrever com palavras; você tem que ir lá!

O arquipélago de Santorini é essencialmente o que restou depois de uma gigantesca erupção vulcânica que destruiu os primeiros assentamentos humanos que existiam na antiga ilha e que criou a caldeira geológica atual. (Fonte: Wikipedia)

O que atrai inúmeros turistas para Santorini são as charmosas casinhas caiadas em branco com os tetos em azul. E o que torna tudo ainda mais mágico é o fato de elas estarem em um penhasco debruçado sobre o o azul do mar Egeu.

De fato, o por do sol no mar Egeu é um dos principais atrativos da região. Escolha um restaurante ou, fique no seu hotel, e aprecie esse espetáculo da natureza saboreando um delicioso vinho local.

Muita gente não sabe, mas a região produz um vinho delicioso. Devido ao solo vulcânico, algumas uvas adaptaram-se muito bem à região.  São mais de 1.500 hectares de vinhedos, cuja produção é principalmente de uvas brancas (85%). A estrela da região é a uva Assyrtico. E, já que estamos falando de casais enamorados, não esqueça de agendar sua degustação de vinhos. Não tivemos uma experiência muito legal na Vinícola Santo Wines Winery, porém, a vista do lugar era simplesmente espetacular.

Para mim, perder-se pelas ruelas estreitas de Fira, de Firostefani e de Oía, sem pressa e sem destino, é o melhor passeio a ser feito em Santorini. Em todo lugar que você for vai encontrar um cantinho para se surpreender ou um ângulo inusitado para uma foto. Os donos de estabelecimentos conhecem bem a fama romântica da cidade e, portanto, deixam tudo decorado com flores e muito carinho. À noite, muitos restaurantes oferecem jantar a luz de velas.

Existem praias também em Santorini. Não são as praias mais bonitas que já visitei e nem tem a fama da vizinha Mikonos, mas, se você gosta de tomar um sol, vai poder aproveitar. A praia de mais fácil acesso é a Perívolos, com uma extensa faixa de areia negra e muitos guarda-sóis para serem alugados.

Você também pode conhecer a Red Beach, de acesso um pouco mais complicado, mas que chama a atenção pela sua falésia vermelha e areia preta, rajada de vermelho.

Por do Sol em Firostefani, Santorini
Por do Sol em Firostefani, Santorini

Para os casais mais aventureiros é possível fazer um tour até Nea Kameni, uma ilhota onde fica o vulcão e que foi formada pelas cinzas dele. Trata-se de um trekking de aproximadamente 45 min por um terreno pedregoso, sem nenhuma sombra. Entretanto, a vista e a paisagem compensam o esforço.

Caso ainda tenha dias sobrando, você também pode conhecer o Mosteiro do Profeta Elias, a vila de Megalochori e o Sítio Arqueológico de Akrotiri. Ou seja, Santorini tem opções para quem quer apenas se perder por suas ruelas apreciando paisagens indescritíveis ou turistar um pouco.

Leia nosso relato de viagem a Santorini

2.Capadócia

Passeio de Balão na Capadócia
Passeio de Balão na Capadócia

Visitar a Capadócia, na Turquia, é simplesmente sensacional. A Capadócia é uma região única no mundo. Suas formações geológicas, vistas do chão ou a bordo de um balão, são impressionantes. Por lá, também se respira história ao se visitar as cidades subterrâneas, as igrejas nas cavernas e as pinturas rupestres.

É claro que o sobrevoo de balão é o passeio mais aguardado pelos casais. E com razão! Não tenho palavras para descrever esse tour. Talvez a foto acima expresse um pouquinho desta incrível experiência.  Aliás, a fotografia sai boa sob qualquer ângulo. É tudo simplesmente lindo e imperdível!

É um festival de balões que colore a saúda o nascer do sol. Você não sabe se olha para baixo para apreciar a paisagem ou se olha para os balões coloridos tingindo o céu. O único problema é seu amor ficar em segundo plano. Talvez não sobre tempo para olhar para ele!

Recomendo também participar de uma apresentação dos Dervixes. Não se trata de um show, mas de uma manifestação religiosa. A apresentação dura aproximadamente 1 hora e é dividida em 6 atos, que incluem preces, música e os giros em si. Segundo a crença, “ o nosso corpo, nossa alma, a terra de onde viemos e para onde vamos; tudo gira” e o Giro Dervixe ou Semazen induz a mente a participar da revolução comum a todos os seres.

 

São diversos tours oferecidos, tais como, para o Göreme Open Air Museum, Pasabaglari, Ihlara Valley. Não deixe, entretanto, de conhecer o Mirador de Göreme. Além de ser gratuito, é possível ver a cidade inteira iluminada! Um local especial para um brinde!

E para finalizar, você pode hospedar-se em hotéis-cavernas. É uma experiência muito diferente e interessantes. Os quartos são montados em cavidades naturais e as paredes, muitas vezes, mantidas intactas. Imagina tudo isso decorado para vocês!

Leia nossa experiência de 3 dias na Capadócia

3. Paris

Bateaux Parisiens, Passeio de Barco pelo Rio Sena, Paris
Passeio de Barco pelo Rio Sena em Paris

Piquenique na Torre Eiffel, passeio de barco pelo rio Sena, espetáculo no famoso Cabaré Moulin Rouge ou um por do sol na Basílica de Sacre-Coeur. Tudo isso, aliado a uma arquitetura única, fazem de Paris a queridinha dos apaixonados.

Na verdade, sejamos justos; Paris é tão repleta de encantos que deve ser visitada por todo mundo: enamorados ou não. Confesso que, na minha primeira vez na Cidade Luz, ainda muito jovem, não me apaixonei por ela. Mas, resolvi dar uma segunda chance e hoje, não entendo onde estava com a cabeça durante a primeira visita para não ter amado Paris!

A principal atração da cidade, a Torre Eiffel, tem brilho próprio, seja de dia ou de noite quando, toda iluminada, pisca para os visitantes. Caso seu bolso permita, agende um jantar romântico (com muita antecedência) em um dos dois restaurantes na Torre. Caso não seja possível, junte-se aos parisienses e turistas num delicioso piquenique aos pés da majestosa atração. O cenário, o queijo e o vinho deliciosos, comprados em qualquer mercado, farão desse passeio, algo inesquecível.

Existem outros lugares românticos para quem quiser fazer um piquenique. Sugiro os floridos e bem cuidados Jardins de Luxemburgo ou na Place des Vosges, no Marais, que além de linda, respira história.

Não posso esquecer de falar do por do sol parisiense. Belíssimo! Assista-o das margens do Sena, onde você pode passear de mãos dadas, ou apreciando um champanhe no último andar da Torre de Montparnasse. No 7° andar do Centro Georges Pompidou, a vista panorâmica da cidade e o por do sol, também o deixarão de queixo caído.

Para finalizar, após perder-se pelas ruas íngremes e escadarias do bairro boêmio Montmartre, sugiro tirar muitas fotos no Le Mur des Je t’áime. Localizado próximo à estação Abbesses, esse mural negro tem a frase “eu te amo” escrita em  mais de 300 idiomas. Romântico, né?

Ah! Quase me esqueci de falar da ponte dos cadeados. Desde muito tempo atrás, os apaixonados começaram a pendurar cadeados como um símbolo de amor eterno na Pont des Arts. Embora pareça romântico, acho uma forma de depredação de um ponto histórico. Hoje, isso está proibido, mas os enamorados agora colocam seus cadeados na Ponte Neuf ou em muitas outras pontes pelo mundo. Acho que existem formas melhores de simbolizar essa paixão!

4. Veneza

Canal em Veneza, Itália
Canal em Veneza, Itália

Veneza, na Itália, é uma das cidades preferida dos enamorados. Seus canais, gôndolas e ruelas são atrativos suficientes para colocá-la nessa lista.

Há quem diga que os canais tem um cheiro forte, ou que os varais pendurados do lado de fora das janelas atrapalham a paisagem eu, acho que isso faz parte do charme do local.

Sinônimo de romantismo é o passeio de gôndola. Não costuma ser barato. Um passeio de aproximadamente 30 a 40 min custa entre 80 e 100 euros (dependendo do horário). O barco pode levar até 6 pessoas além do gondoleiro com suas camisas listradas típicas. Mas, para o casal de pombinhos, ter um gondoleiro, tocando musica só para eles, não tem preço. Uma dica importantíssima é verificar, antes de fechar o passeio, se o seu gondoleiro também é um cantor. Nem todos eles cantam e isso pode frustrar alguns turistas.

Passear de mãos dadas pelas ruelas de pedra também é muito gostoso. Você encontrará diversos cafés charmosos e pequenos restaurantes  para apreciar no caminho e descansar um pouco. Tenha certeza que, nesse passeio despreocupado e sem um destino claro, você vai passar pelos principais pontos turísticos.

Não deixe de visitar a Praça de São Marcos, conhecida por seu grande número de turistas, artista e pombos, muitos pombos! A Ponte do Rialto, que cruza o grande canal é um dos principais cartões postais de Veneza. A Ponte dos Suspiros também é passagem obrigatória. Porém, não se engane! Os suspiros não eram dados por apaixonados e sim pelos prisioneiros que se dirigiam do Palácio Ducal para a prisão local e, frente à última oportunidade de olhar para o mundo exterior, suspiravam! Independente da lenda, tenho certeza que você conseguirá lindas fotos nesse local.

Por último, você pode fazer um passeios de barco pelas ilhas Burano e Murano. Ambas são famosas pelas casinhas coloridas à beira do rio e também pelo artesanato em vidro (Murano).

5.Gdansk

Orla do Rio Motlawa, Gdansk, Polônia
Orla do Rio Motlawa, Gdansk, Polônia

Gdansk é a mais charmosa cidade da Polônia. Trata-se de uma cidade portuária, localizada na costa Báltica, na região da Pomerânia. Foi nessa encantadora cidade polonesa que, no dia 1° de Setembro de 1939, teve início a 2a Guerra Mundial.

No período entreguerras, Gdansk ficava junto a uma faixa de terra (estabelecida pelo Tratado de Versailles) conhecida como “Corredor Polonês” que dava à Polônia o acesso ao mar Báltico. O corredor polonês dividia o território principal da Alemanha de sua província, a  Prússia Oriental.

A cidade foi ocupada pela Alemanha até 1945, quando, com o final da Guerra e a derrota alemã, foi reincorporada ao território polonês, agora sob a influência da antiga União Soviética. Por toda sua importância histórica, em Gdansk, encontra-se um dos melhores Museus da Segunda Guerra Mundial que já visitei.

Mas, Gdansk não só encanta pela sua história. O charme da cidade portuária também surpreende os visitantes. As ruas e vielas de pedra são um convite para um passeio romântico, caminhando pelo chamado “Caminho Real”. Observar as construções antigas, a fonte de netuno, as torres e cruzar os portões de entrada da cidade também fazem parte do passeio.

Para terminar o percurso, nada melhor que caminhar às margens do Rio Motlawa e se encantar com a paisagem indescritível. Jantar num dos restaurantes na orla do rio tornará esse momento ainda mais especial.

6.Budapeste

Hungarian Parliament, Budapest
Vista de Budapeste a partir do Bastião dos Pescadores

Budapeste, a capital da Hungria, é uma das cidades mais bonitas e mais visitadas da Europa. Foi fundada em 1873 com a fusão de três cidades: Buda e Ôbuda, na margem direita do Rio Danúbio, e Peste, na margem esquerda.

Budapeste, além de belíssima, é repleta de atrações, especialmente na região de Buda. Por lá, você encontra o Castelo de Buda, a Igreja Matias e o Bastião dos Pescadores. Ficam numa região alta de onde você poderá apreciar uma dos mais belos cenários da capital húngara, estrelando o Rio Danúbio e o Parlamento ao fundo.

Bastião dos Pescadores, Budapeste
Bastião dos Pescadores, Budapeste

Por sua vez, a região de Peste é plana e tem boas calçadas, o que a torna muito amigável aos pedestres. A principal atração de Budapeste, o Parlamento Húngaro, fica por lá. Construído entre o final do século XIX e o início do século XX, o edifício do parlamento chama a atenção de todos os visitantes.

Se isso tudo não bastasse, os preços dos serviços são bem mais em conta que nas tradicionais capitais europeias (Londres, Paris, Roma).

Vale a pena “investir” 4 ou 5 dias na cidade. Caminhar às margens do rio Danúbio, apreciar as belas construções e palácios, respirar história e aproveitar bons restaurantes torna a visita a Budapeste um dos melhores passeios românticos pela Europa.

7. Tailândia

Vista do Wat Arun a partir do Riva Arun Bangkok
Vista do Wat Arun a partir do Riva Arun Bangkok

Quem nos acompanha sabe que somos apaixonados pela Tailândia. Esse pais asiático pode oferecer vários tipos de passeios para os casais apaixonados.

Bangkok, a capital, é linda e caótica. Sempre me surpreendo com os seus contrastes: o contraste entre a beleza dos seus templos e o caos do seu trânsito, com motocicletas e tuk-tuks trafegando em todos os sentidos. O contraste entre a riqueza e a pobreza, entre o luxo e a simplicidade, entre as lojas de grife e as barraquinhas de camelôs, entre a religiosidade e a prostituição, entre o dia e a noite.

Talvez Bangkok seja um pouco caótica demais para os apaixonados, embora seja, com certeza, fascinante! Por isso, recomendo que mesmo em Lua de Mel, passe alguns dias por lá! Não deixe de visitar, entre as muitas atrações, o Grand Palace, o Templo do Buda Reclinado e o Templo do Buda de Ouro.

Saiba o que fazer em Bangkok, na Tailandia

O interior da Tailândia também tem templos e paisagens incríveis. Casais mais aventureiros talvez se encantem com Chiang Mai. É possível realizar trekking, fazer meditação ou yoga curtindo a natureza ou ainda, passear de charretes coloridas no charmoso centrinho com bares e restaurantes intimistas.

Tailândia também é famosa por suas praias de águas verde-esmeralda e extremamente límpidas. Existem opções de praias desertas e pouco conhecidas como Koh Lipe e Koh Lanta e outras muito badaladas como Phuket, onde a tranquilidade é trocada pelos resorts de luxo e gastronomia dos deuses.

Uma região muito famosa, que vale a pena visitar é Phi Phi. Foi na praia de Maya Bay que o filme A Praia, estrelado por Leonardo de Caprio, foi gravado. A beleza desse lugar é estonteante.

8. Porto de Galinhas

Portal do Maracaípe, Porto de Galinhas, Pernambuco
Portal do Maracaípe, nos arredores de Porto de Galinhas

Porto de Galinhas é um dos melhores destinos no nordeste do Brasil. Trata-se de uma das praias do município de Ipojuca, em Pernambuco, bem como uma Vila com o mesmo nome. É um destino turístico muito procurado por turistas brasileiros e estrangeiros, especialmente, por suas piscinas naturais e por ser próximo ao Aeroporto Internacional de Recife/PE (~50km).

Neste texto, quando falarmos em Porto de Galinhas, estaremos nos referindo a toda a região que vai de Muro Alto, ao Norte, até o Maracaípe, ao Sul.

Muro Alto, ao Norte da vila de Porto de Galinhas, é uma região caracterizada por uma imensa barreira de pedras (aprox. 2,5 km de arrecifes), o que torna as águas da praia calmas e agradáveis. Sinceramente, é a praia que mais gostei. Deliciosa para banho!

Não é à toa que em Muro Alto estão localizados importantes Resorts como o Nannai ou o Summerville. Para mim, esse é um lugar ideal para passar a sua lua de mel. Se você achar a hospedagem muito cara por ali, pode ficar em hotéis na Praia do Cupe, que também é muito agradável.

O centro de Porto de Galinhas é uma vila simples, com construções baixas, muitas lojinhas de artesanato e restaurantes.

O Restaurante Domingos é uma excelente opção para um jantar romântico na vila. É um dos restaurantes mais finos de Porto de Galinhas, com boa comida, bom atendimento e bom custo-benefício. Além disso, tem também a melhor adega de vinhos da vila, que é inclusive separada do restaurante, numa casinha refrigerada. Não deixe de apreciar a decoração.

Para tornar a experiência ainda mais inesquecível, não deixe de fazer um passeio de buggy, que oferece uma visão panorâmica do destino e, terminar o dia apreciando o por do sol no Pontal do Maracaípe.

Concluindo

Existem muitos lugares paradisíacos para serem curtidos a dois. Você pode estar se perguntando a respeito de Seychelles e Maldivas, que sempre estão na lista quando se trata de lugares românticos. Não os inclui pois essa seleção foi baseada nas minhas experiências. Por isso, você pode não concordar com os lugares que escolhi ou ter outra preferencias. Ficaria muito feliz se você deixasse nos comentários seus lugarzinhos românticos preferidos: eu gostaria de conhecê-los!


Esse post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo “Viagens por Escrito” com o tema: destinos românticos. Conheça outros lugares para visitar com seu amor!

Experiência Barbara – Roteiro por Tiradentes, romântica cidade histórica.

Se joga no roteiro – Hospedagem em Monte Verde – Minas Gerais

4 comentários sobre “8 Lugares românticos para sua lua de mel

  1. Lu, meu sonho era passar a lua de mel em Santorini. Sempre quis conhecer a Grécia desde pequena, mas o dinheiro na epoca só pagou Proto de Galinhas (rs).
    Foi lindo e tenho jm carinho enorme pela região!
    Santorini veio alguns anos depois e foi tão especial quanto!
    As igrejinha com as cúpulas azuis são lindas e únicas.
    Amei as dicas! Agora quero conhecer a Capadócia!

    1. Pam, tenho vontade de voltar a todos esses lugares… é tudo tão lindo! Você vai amar a Capadócia. Não deixe de fazer o sobrevoo de balão, mesmo sendo um pouquinho mais caro. Acho que foi o passseio em que mais bati fotos rsrs

  2. Para mim qualquer lugar pode ser romântico, tudo depende do nosso estado de espírito. Mas com certeza esses lugares que você citou ajudam muito a criar o clima.
    Pensando só em Brasil, acho Piranhas – AL, Extrema – MG, Ilhabela – SP, Curitiba – PR destinos que inspiram o romantismo!

    1. Com certeza Ba! Qualquer experiência de viagem pode ser boa ou ruim na dependência do nosso estado de espírito. Acho isso até mais importante que o local em si. Atualmente, na Pandemia, estamos achando o máximo lugares que antes nem dávamos bola! Anotado Extrema na minha lista para visitar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

>>